“Infraestrutura traz investimento, gera emprego e transforma a vida das pessoas”, afirma Marcelo Sampaio

Novo ministro da Infraestrutura palestrou na RA CIC Caxias desta segunda-feira (2)

“Infraestrutura traz investimento, gera emprego e transforma a vida das pessoas”. A afirmação é do ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, durante palestra on-line no evento RA CIC promovido pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC Caxias) nesta segunda-feira (2). Ao falar sobre as atividades do Ministério da Infraestrutura e projetos futuros, o ministro elencou e forneceu informações sobre o andamento de várias obras e projetos de melhorias em aeroportos, portos, rodovias e ferrovias pelo País afora.

De acordo com Sampaio, o Ministério da Infraestrutura (Minfra) estabeleceu como pilares de atuação a transferência de ativos para a iniciativa privada, a resolução dos passivos herdados em concessões existentes e a conclusão de obras que estavam em andamento. Segundo ele, já foram leiloados mais de 84 ativos, que estão se convertendo em mais de R$ 100 bilhões de investimentos e mais de 1,5 milhão de empregos. Para o ministro, os investimentos públicos e privados já começam a fazer diferença no País. Marcelo Sampaio adiantou que a sétima rodada de concessão de aeroportos, que incluirá o aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP), será realizada no segundo semestre do ano.

Entre as entregas mais recentes do Ministério da Infraestrutura no Rio Grande do Sul, Freitas mencionou a conclusão da duplicação do Contorno de Pelotas, na BR-116 e BR-392, a reforma e ampliação do Aeroporto de Passo Fundo e a segunda ponte sobre o Guaíba, em Porto Alegre.

O ministro ainda enumerou várias obras e ações do Ministério da Infraestrutura para o País e detalhou algumas demandas encaminhadas pela CIC Caxias: o novo Aeroporto Regional da Serra Gaúcha e melhorias na trafegabilidade da BR-116. Sampaio reconheceu a importância das demandas e informou que desenvolver a aviação regional é uma prioridade do governo federal. Ratificou o investimento de R$ 200 milhões no novo aeroporto e disse que o Minfra aguarda a conclusão dos estudos para fazer avançar o projeto. Em relação à BR-116, mencionou a possibilidade de construção de terceiras faixas para reduzir o número de acidentes e dar maior fluidez ao trânsito.

Antes de palestrar na CIC Caxias, Marcelo Sampaio vistoriou a nova pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, que entrará em operação no próximo dia 19, permitindo a chegada de aviões cargueiros e ampliando a movimentação de cargas. Também inaugurou o novo terminal de cargas da Fraport no aeroporto gaúcho.

Divulgação Sabe Caxias:

 

Os pleitos da CIC Caxias

Na abertura da reunião-almoço, o presidente da CIC Caxias, Celestino Oscar Loro, comentou sobre a importância de mais investimentos na infraestrutura para a Região e para o Rio Grande do Sul como um fator indutor do desenvolvimento econômico e social. Celestino Loro pediu a intervenção do ministro em projetos que estão em andamento e pediu estudos para futuras obras. Citou, por exemplo, a implantação do Porto do Litoral Norte, apoio na construção do novo Aeroporto Regional da Serra Gaúcha, a implantação de modais ferroviários na Região e a retificação das curvas da BR-116, entre Caxias do Sul e São Marcos, e reestruturação do trecho urbano da mesma rodovia. A entidade elaborou um documento a ser entregue em mãos ao ministro pelo presidente Celestino Loro.

Impedido de desembarcar no aeroporto em Caxias do Sul devido ao mau tempo, depois de sua participação on-line na RA CIC o ministro viajou de carro para cumprir compromissos da agenda, que incluíram a assinatura do Termo de Compromisso com o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (PNATRANS) e visita às empresas Marcopolo e Randon.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *