Missa no Santuário de Caravaggio irá marcar abertura da fase diocesana do Sínodo 2021-2023

Celebração presidida por dom José Gislon deverá reunir representantes da sete Regiões da Pastoral da Diocese de Caxias do Sul; síntese local deverá ser enviada em março para a CNBB

Foto Vinicius Dieter

A celebração da Eucaristia, no próximo domingo, 17 de outubro, às 15h, dará início à fase diocesana do Sínodo dos Bispos, convocado pelo Papa Francisco e que irá culminar em Roma, em outubro de 2023. A Missa, em unidade com as dioceses do mundo todo, será realizada no Santuário Diocesano de Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha e deverá reunir representantes das sete regiões de Pastoral da Diocese de Caxias do Sul, em comunhão com o bispo diocesano, dom José Gislon.

Iniciado pelo Papa Francisco em Roma, no domingo, 10 de outubro, o Sínodo se estende até 2023 e irá tratar sobre a “sinodalidade” eclesial. A palavra vem do grego e, em tradução simples, é traduzida como “caminhar juntos”. Portanto, a Igreja irá discutir sobre três palavras-chave: participação, comunhão e missão, a partir do tema: “Por uma Igreja sinodal”. Na manhã desta sexta-feira, 15 de outubro, a equipe do diocesana concedeu coletiva de imprensa na qual foi explanada a caminhada local até o mês de março.

Realizada a abertura e o envio da equipe responsável em dinamizar o Sínodo nas Regiões de Pastoral, que englobam as 73 paróquias e quase mil comunidades da Diocese, inicia o processo de formação e instrução para a equipe. Nas quintas-feiras, 21 e 27 de outubro, serão realizados encontros de aprofundamento sobre a temática da sinodalidade com os representantes do Conselho Diocesano de Leigos e Leigas.

Durante o mês de novembro, nas paróquias e comunidades, serão realizados encontros para conversar sobre o Sínodo, a partir do material disponibilizado pela Coordenação de Pastoral da Diocese. A partir do impresso, por meio de três QR Codes os fiéis serão convidados a estudarem a temática e contribuírem com o processo sinodal a partir das perguntas: “Como é que este ‘caminho em conjunto’ está acontecendo na nossa Igreja local? Que passos é que o Espírito [Santo] nos convida a dar para crescermos no nosso ‘caminhar juntos’?”.

Ao longo dos meses iniciais de 2022, a equipe diocesana fará as sínteses que serão enviadas à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que irá compilar o trabalho das dioceses brasileiras e fará o posterior encaminhamento à Conferência Episcopal Latino-americana e Caribenha (Celam) que, por fim, enviará o documento a Roma, com a finalidade de dar subsídios para o documento de trabalho dos bispos que estarão lá, em 2023. A previsão da conclusão da fase diocesana e do envio da síntese local é o dia 25 de março de 2022, solenidade da Anunciação do Senhor.

Divulgação Sabe Caxias:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *