Lugar de cabelo é na cabeça Método inovador com a técnica FUE resolve o problema das falhas capilares alcançando também sobrancelhas e barba

A queda excessiva de cabelos, mais acentuada no inverno, preocupa tanto homens quanto mulheres. E, independente da época do ano é possível tratar as falhas deixadas e recuperar a autoestima, conforme explica a médica tricologista Marina Rombaldi, especialista no assunto na Stërah Medicina Estética e Capilar.

Dra Marina Rombaldi – foto Jucimar Milese

No inverno pode se constatar uma perda de até 600 fios por dia, enquanto que em outras estações fica em torno de 150. Por isso a importância de se estar atento ao problema da queda dos fios e, caso ela seja muito acentuada, os cabelos estiverem desgastados, secos e sem vida, é necessário buscar o auxílio de um profissional especializado na saúde dos fios – alerta.

A especialista informa que um dos procedimentos mais eficazes no combate à queda de cabelos com restauração da área prejudicada está na técnica FUE (Follicular Unit Extraction), método de transplante capilar minimamente invasivo que consiste na extração de unidades foliculares, uma a uma, da área saudável do couro cabeludo do próprio paciente, para posterior implantação na área calva ou com falhas. O procedimento ainda é indicado para falhas de sobrancelhas e barba, garantindo o crescimento total e natural dos fios transplantados.

Minimamente invasivo, o método FUE deixa os pacientes satisfeitos ainda pela vantagem da breve recuperação sem deixar nenhuma cicatriz linear, além de poderem retomar as atividades do cotidiano no dia seguinte à intervenção, destaca a tricologista. “O procedimento é realizado com anestesia local, não interfere na escolha de um corte de cabelo e, com os devidos cuidados, a cicatrização total ocorre em média até 15 dias”, reforça Marina.

Informações

Stërah – Medicina Estética e Capilar

Edifício Independência Boulevard Square

Rua Terezinha Borges dos Santos Bertelli, 15, sala 101 – Panazzolo Caxias do Sul

(54) 3536 -7702 | sterah@sterah.com

Divulgação Sabe Caxias:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *