Política:Ricardo Daneluz apresenta a Frente Parlamentar pela Tradição Gaúcha

O grupo de vereadores foi lançado no dia 25 de março e tem três representantes do Legislativo caxiense

Vereador Ricardo Daneluz/PDT
Crédito: Letícia Kreling

O lançamento da Frente Parlamentar de Vereadores pela Tradição Gaúcha pautou o Grande Expediente do pedetista Ricardo Daneluz, na sessão ordinária desta quinta-feira (08/04). O parlamentar defendeu o movimento tradicionalista gaúcho como forma de união das famílias e destacou a importância das atividades para a economia do Estado do Rio Grande do Sul.

O grupo parlamentar foi lançado no último dia 25 de março, em evento on-line. A frente é formada por legisladores de diversas cidades gaúchas e tem como objetivo mostrar o potencial e angariar recursos para o movimento. Além de Daneluz, os vereadores do Legislativo caxiense Elisandro Fiuza/Republicanos e Olmir Cadore/PSDB participam da frente.

O parlamentar aproveitou o momento para convidar todos os colegas da Casa a participarem do grupo que, atualmente, conta com cerca de 50 vereadores. A iniciativa do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) será coordenadora pelo conselheiro do MTG e vereador pela cidade de Farroupilha (25ª RT) Tiago Ilha.

Daneluz citou que a instalação do grupo teve amplo apoio de diversas pessoas e entidades gaúchas. Entre eles, o repórter farroupilha Giovani Grizotti, o presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (FAMURS), Maneco Hassen, o presidente da União dos Vereadores do Rio Grande do Sul (UVERGS), Silomar Garcia, e o presidente administrativo do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), César Oliveira.

O vereador citou a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Tradição e Cultura Gaúcha, capitaneada pelo deputado federal Ricardo Santini, criada em 2018, em Brasília. Segundo Daneluz, o grupo vem criando forças, ao longo dos anos.

Para Daneluz, o tradicionalismo gaúcho possibilita a união das famílias em torno das atividades. “Nossa cultura é motivo de muito orgulho para todos nós gaúchos. Temos uma riqueza cultural, esportiva, de educação, de respeito e de lazer muito grande”, afirmou.

Além de toda a cultura do movimento tradicionalista, o parlamentar ressaltou que existe geração de emprego e renda nas atividades. Afirmou que milhares de pessoas dependem dos eventos tradicionalistas e fazem desse meio o sustento da família, com serviços de campeira, narração, som, comércio de pilchas, fretes de animais, entre outras.

Para finalizar, Daneluz também convidou os colegas do Parlamento caxiense a assinarem um documento endereçado ao governo do RS, em relação à Nota Fiscal Gaúcha. O objetivo é incluir ações da área da cultura e do esporte no projeto.

Os vereadores Clóvis Xuxa/PTB, Elisandro Fiuza/Republicanos, Marisol Santos/PSDB e Olmir Cadore/PSDB parabenizaram o colega pela pauta e pela defesa do tradicionalismo gaúcho.

Divulgação:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *