Sem tempo a perder, mas em busca do par ideal, cresce procura por matchmaker

Muitas pessoas sentem dificuldade e até mesmo medo de encontrar a cara metade e para isso existe a matchmaker. Pandemia aumentou a demanda e fez a profissional Cristtina Morelli abrir filial da Vip Class em Caxias do Sul

Cris Morelli crédito Georgia Thomé

2021 já começou e muitos ainda não encontraram sua cara metade. É fato que a pandemia contribuiu para que as pessoas não saíssem com a frequência habitual e acabaram se sentindo mais sozinhas. Porém, há também outros pontos cruciais, como a correria do dia a dia e a falta de habilidade para encontrar o par ideal.

De olho nesse público e com uma demanda crescente na Serra Gaúcha, a matchmaker, termo popularmente conhecido como ‘casamenteira’, Cristtina Morelli, proprietária da Vip Class, abriu filial em Caxias do Sul em dezembro. Desde 2001, a profissional, apaixonada por unir pessoas com o mesmo propósito, auxiliou centenas de pessoas a encontrarem a cara metade para relacionamentos consistentes, felizes e saudáveis.

A palavra solidão é a mais ouvida pela profissional, que atende pessoas de todas as idades, a partir dos 18 anos. Mas a procura pela assessoria afetiva tem um público mais específico, são homens e mulheres maduros, estáveis profissionalmente e que preferem ser assertivos no momento de encontrar um companheiro(a). “Eu acredito que as pessoas não são panelas sem tampa e sou o elo para quem quer ser feliz e, porventura, no passado, teve dificuldade em viver sua história de amor”, observa.

A decisão de abrir uma filial na Serra Gaúcha se deve justamente pelo aumento da demanda. “Tenho vários clientes que saem de diversas cidades da região até Porto Alegre ou Novo Hamburgo, cidades em que também tenho escritório. Por isso, decidi abrir uma unidade em Caxias do Sul para facilitar os atendimentos”, explica. Cris Morelli, como é conhecida, é muito criteriosa, além de solicitar uma série de documentos e demandar a assinatura de termos de responsabilidade dos clientes, realiza uma longa entrevista, de preferência pessoalmente, para conhecer e traçar o perfil mais preciso possível de quem está à procura de um amor. “Eu levo a confidencialidade muito a sério e a minha experiência fez com que eu entenda muitas etapas importantes nesse processo de encontrar alguém para amar e isso é essencial para evitar desapontamentos ou surpresas desagradáveis”.

A atual carteira de clientes ativos passa de 300, mas no decorrer de sua carreira, Cris Morelli já atendeu mais de sete mil pessoas. São pessoas no Brasil e no exterior. Gerson, 50 anos, queria encontrar uma companheira, pois estava muito solitário. “Esperei algum tempo, na primeira apresentação não gostei da moça, 15 dias depois aconteceu uma nova apresentação, foi quando conheci a Roberta, 36 anos. Estamos namorando e muito felizes, encontrei o meu grande amor”, conta.

Berenice, 51 anos, casada com Frederico, 65 anos, diz que sempre rezava na igreja e pedia alguém especial. “Queria alguém para namorar e era importante que tivesse independência financeira. Queria alguém ativo, que gostasse de viajar. Logo me encantei com os olhos azuis do Frederico na foto que me mostraram. Entre o cadastro e a decisão de morarmos sob o mesmo teto passou quase um ano. Estamos muito felizes por termos nos encontrado nesta vida. Gostamos de estar juntos, de viajar, de ver filmes”, revela.

Quem é Cristtina Morelli

Inspirada em sua própria história após uma separação, Cris decidiu abrir há 20 anos a Vip Class, uma das consultorias afetivas com maior credibilidade no Brasil. Mãe de duas filhas e avó, Cristtina Morelli possui base em Porto Alegre (RS), filial em Novo Hamburgo e mais recentemente abriu filial em Caxias do Sul, mas conta com clientes em vários países do mundo. Para mais informações, acesse assessoriavipclass.com. br

divulgação:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *