Universidade de Caxias do Sul celebra 53 anos com abrangência ampliada no estado

Neste ano de 2020, iniciaram as atividades da UCS em Torres, no litoral norte gaúcho, e também no município de Vila Maria. Alcançar diferentes públicos, promovendo o acesso ao ensino e ao conhecimento, conecta-se à identidade comunitária da Instituição

Nesta segunda-feira, dia 10 de fevereiro, a Universidade de Caxias do Sul celebra 53 anos de existência atuando na missão de promover, por meio do acesso ao ensino e ao conhecimento, e a partir da pesquisa, o desenvolvimento regional. Novidade deste início de ano que ilustra a movimentação em direção a esse compromisso social foi a formalização das operações em Torres a partir de uma unidade física. No município, será mantido um portfólio variado que inclui cursos de graduação (bacharelados, licenciaturas e tecnologias) nas modalidades a distância e semipresencial, e extensões e pós-graduações presenciais, EaD e semipresenciais – inclusive, no mês de janeiro, já foram realizados dois processos seletivos para ingresso em cursos de graduação na unidade, e o próximo ocorre no dia 20 de fevereiro.

Também em 2020 se inicia a atuação da UCS em Vila Maria, município localizado a 172 km de Caxias do Sul, a partir de um acordo de cooperação que oficializa atividades de ensino, pesquisa e extensão, com ênfase em empreendedorismo e inovação. Os novos espaços agregam à identidade comunitária da instituição, que já alcança diferentes públicos com a oferta de Ensino Superior, extensão e formação continuada no Campus-Sede e no Campus 8, em Caxias do Sul, e nos campi de Bento Gonçalves, Vacaria, Canela, Farroupilha, São Sebastião do Caí, Nova Prata e Guaporé. Também há atividades nos municípios de Bom Princípio (com o Instituto de Materiais Cerâmicos), Flores da Cunha (com a Escola de Gastronomia), Antônio Prado (com o polo de ensino presencial na FAP) e São Marcos (com uma unidade de formação continuada) – em 2018, a Universidade celebrou 25 anos desde o início do seu processo de regionalização.

A história da Universidade comunitária, iniciada em 1967 com a aglutinação de faculdades e escolas isoladas existentes no município, partiu de um interesse comunitário e de um esforço coletivo, liderado pelo, à época, bispo de Caxias do Sul, Dom Benedito Zorzi, pelo médico Virvi Ramos, então diretor-presidente da Associação Cultural e Científica Nossa Senhora de Fátima, e pelo prefeito Hermes João Webber.

A trajetória da Instituição resulta na formação de mais de 100 mil profissionais para os mercados regionais, nacionais e internacionais. A conexão com as demandas do mundo do trabalho e com a realidade de seus públicos levou à implantação, em março passado, do processo seletivo contínuo, que permite o ingresso mensal e até semanal nos cursos de graduação – a UCS dispõe de 85 cursos de graduação, com 160 opções de ingresso em todas as áreas do conhecimento, nas modalidades presencial, semipresencial e a distância, entre bacharelados, licenciaturas e cursos de tecnologia de curta duração pelo Programa UCSTec.

Pesquisa e Inovação

Com enfoque em pesquisa e condição de universidade inovadora, a UCS mantém 19 Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu, que disponibilizam 18 cursos de Mestrado e 10 de Doutorado, e mais uma turma de cada em parceria com instituições do Ceará e de Santa Catarina. A estrutura de pesquisa reúne docentes em 17 Núcleos de Pesquisa, 21 Núcleos de Inovação e Desenvolvimento e 72 Grupos de Pesquisa registrados no CNPq.

O trabalho é desenvolvido em 800 laboratórios distribuídos nos oito campi, sendo 92 específicos para pesquisas ligadas à prestação de serviços ou consultorias, rede de recursos humanos e materiais que se constitui na base do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação, o TecnoUCS, que abriga ambientes de fomento ao empreendedorismo inovador como a Incubadora Tecnológica e o StartUCS.

O investimento em pesquisa e estrutura para a produção de Grafeno ilustra a aplicação do conhecimento científico, já que o material, obtido a partir da reordenação de moléculas de carbono, é o mais leve e resistente que existe, por isso considerado o principal recurso da atualidade para aplicações em alta tecnologia, com potencial de qualificação de diferentes segmentos da economia.

O relacionamento com a sociedade extrapola os impactos da inovação, alcançando a comunidade nas esferas de serviço a partir de iniciativas ligadas aos cursos de graduação e diversas atividades de extensão, a exemplo do UCS Comunidade, que leva a diferentes bairros atividades gratuitas, com orientação e esclarecimento nas áreas de atuação da Instituição.

ASSISTA AO PROGRAMA SABE CAXIAS BY BITCOM – CONTEÚDOS DE SEU INTERESSE

Acesse o link:

Sabe Caxias By Bitcom – Ao Vivo – 07/02/2020

Sabe Caxias By Bitcom – Ao Vivo – 07/02/20Assuntos de seu interesse.

Posted by Bitcom TV on Friday, February 7, 2020

Excelência no ensino

A abordagem pedagógica inovadora da UCS é baseada na Pedagogia da Inovação – INNOPEDA, desenvolvida pela Universidade de Ciências Aplicadas de Turku, Finlândia, país com o sistema educacional mais avançado do mundo. Reflexos da excelência no ensino são os reconhecimentos conquistados nas esferas nacional e internacional. No último ano, a UCS foi elencada entre as melhores universidades do mundo, na classificação da revista britânica Times Higher Education (THE), a mais importante do segmento de Educação Superior em nível internacional. Pelo segundo ano consecutivo, foi classificada como a universidade mais inovadora do Brasil entre as comunitárias e privadas, 6ª melhor do país no segmento e entre as dez melhores em ‘Pesquisa’ e ‘Ensino’ no Ranking Universitário Folha. Ainda, esteve entre as 20 mais empreendedoras do país no Ranking da Confederação Brasileira de Empresas Juniores Brasil Júnior. No Índice Geral de Cursos divulgado pelo MEC em dezembro de 2019, obteve conceito quatro (muito bom, em escala de um a cinco), resultado que coloca a UCS na faixa das 24 universidades privadas sem fins lucrativos que conquistaram o mesmo conceito em todo o país.

A UCS é uma das mantidas da Fundação Universidade de Caxias do Sul e junto com o Centro Tecnológico Universidade de Caxias do Sul (CETEC), o Centro de Teledifusão Educativa de Caxias do Sul (CETEL) e o Hospital Geral de Caxias do Sul (HG), forma um complexo de ensino e saúde.

Fotos: Claudia Velho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *