Felipe Gremelmaier e Tatiane Frizzo pretendem tornar Mississippi Festival em evento oficial do Município

A inclusão do Mississippi Delta Blues Festival na agenda oficial de eventos do Município será projeto de lei dos vereadores Felipe Gremelmaier/MDB e Tatiane Frizzo/PSDB.
A proposição foi tratada em reunião do parlamentar com os organizadores do MDBF, Toyo Bagoso e Guilherme Montanari, e o assessor da Bancada do MDB, Rafael Toigo.
No encontro desta quinta-feira (13/01), na Câmara Municipal, os organizadores explicaram a Felipe a importância do festival entrar na agenda oficial de Caxias do Sul.
A lei propiciará maior apoio do Município ao festival, por meio da captação de recursos financeiros via leis de incentivo e de infraestrutura. Inclusive, no uso do Parque da Festa da Uva, onde o Mississippi instalou seu bar e fará o festival, em novembro.
“O festival de blues é uma das maiores e principais atrações da cidade, que já teve edições com 12 mil pessoas, sendo pelo menos 4 mil de outros lugares e de fora do Brasil. Fazendo parte da agenda do Município, o evento terá ainda mais possibilidades para promover lazer, turismo e movimentar a economia de Caxias do Sul”, destacou o parlamentar.
O Mississippi Delta Blues Festival começou em 2008 e se tornou o maior evento de blues da América Latina. Por seus palcos, na Estação Férrea, passaram lendas do gênero vindas dos EUA, além de consagrados músicos brasileiros e latinos.
O sucesso aumentou a cada uma das 12 edições. Em 2020, devido à pandemia, o MDBF se reinventou e ocorreu online. Os organizadores também repensaram a localização, que foi alterada para a Réplica de Caxias do Sul, no Parque da Festa da Uva.
Para lá está prevista a mudança da icônica Casinha do Festival já para 13a edição, em novembro. Haverá divulgação por meio de shows, em Flores da Cunha. Em agosto, o MDBF estreia em Gramado.

Divulgação Sabe Caxias:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *