Cultura / Mulheres do Brasil – Núcleo Caxias do Sul: Dennis de Oliveira, referência brasileira no movimento negro, palestra no dia 19 de outubro

A quarta edição do Portas Abertas, viabilizada pelo Comitê de Igualdade Racial, traz o autor do livro recém-lançado “Racismo estrutural – uma perspectiva histórico-critica”

O Portas Abertas do Grupo Mulheres do Brasil, Núcleo Caxias do Sul, evento que estimula a entrada de novas mulheres da Serra ao movimento que engaja a sociedade na conquista de melhorias, eliminando as desigualdades de gênero, raça e condição social, traz para uma palestra online, no dia 19 de outubro, às 19h, o professor de Comunicação e pesquisador na área de cultura popular e movimentos sociais, ativista do movimento negro e escritor Dennis de Oliveira.   Ele falará sobre o tema que aborda na sua última publicação lançada recentemente, “Racismo estrutural – uma perspectiva histórico-critica”, discutindo o racismo para além dos comportamentos preconceituosos.

Dennis possui mestrado e doutorado em Ciências da Comunicação pela USP (Universidade de São Paulo), onde também atua como pesquisador no Instituto de Estudos Avançados e coordena o Centro de Estudos Latino-Americanos de Cultura e Comunicação. É também autor de outros livros como Jornalismo e Emancipação – uma prática jornalística baseada em Paulo Freire (2017) e Jornalismo e os Dilemas na Sociedade da Inflação das Informações (2019).

O encontro virtual terá inicialmente a apresentação do Grupo Mulheres do Brasil – Núcleo Caxias do Sul, feita pela líder do Colegiado Júlia Bertoluci, que pretende destacar o propósito do movimento, que hoje conta com a participação de mais de 200 mulheres da região e 39 atuando nos Comitês. Também serão anunciados dois novos Comitês: o de Empreendedorismo e o Meninas do Brasil. Em seguida, a coordenadora do Comitê de Igualdade Racial Alessandra Pereira e a integrante Luciane Pedrozo Casado, apresentam o convidado, mediando o debate.

Para participar da quarta edição do Portas Abertas é preciso acessar o YouTube Mulheres do Brasil.

Divulgação Sabe Caxias:

 

Sobre o palestrante:

Professor associado da Escola de Comunicações e Artes da USP, jornalista, doutor em Ciências da Comunicação. Autor dos livros “Jornalismo e Emancipação – uma prática jornalística baseada em Paulo Freire”, “A luta contra o racismo no Brasil” e “Jornalismo e os Dilemas na Sociedade da Inflação das Informações”. Atua nas áreas da comunicação, cultura, movimentos sociais, relações étnicorraciais, teorias decoloniais.

Coordenador científico do Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação e pesquisador do Instituto de Estudos Avançados da USP; e do GT “Epistemologias decoloniais, territorialidades y cultura” do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (Clacso). Também é professor visitante da Universidad Minuto de Dios, de Bogotá, e da Faculdad Latino-Americana de Ciencias Sociales, de Buenos Aires, integrante da Cátedra da Universidade Central do Vaticano.

SERVIÇO

O que: Evento virtual Portas Abertas – Grupo Mulheres do Brasil

Quando: 19 de outubro de 2021

Horário: 19h

Onde: Canal do YouTube do Grupo Mulheres do Brasil

Promoção: Grupo Mulheres do Brasil – Núcleo Caxias do Sul

 

Núcleo Caxias do Sul foi criado em Caxias em dezembro de 2020

O Grupo Mulheres do Brasil Núcleo Caxias do Sul faz parte do Grupo Mulheres do Brasil, movimento liderado pela empresária Luiza Helena Trajano, desde 2013, em SP.  A bandeira levantada pelas mais de 97 mil mulheres no Brasil e no mundo, é engajar a sociedade na conquista de melhorias para o país, eliminando as desigualdades de gênero, raça e condição social.

Em Caxias, foi criado em dezembro de 2020 por Celiz G. Frizzo, que comanda o colegiado com Júlia Bertoluci e Andrea Varaschin Webber. É composto até o momento por cinco Comitês: Comitê de Igualdade Racial, Comitê de Violência Contra a Mulher, Comitê Saúde, Comitê Educação e Comitê de Comunicação.

Um dos movimentos mais importantes lançado em fevereiro deste ano pelo Núcleo Central do GMDB é o Unidos pela VacinaNa Serra Gaúcha, as mulheres do Núcleo estiveram em contato com mais 40 prefeituras, aplicando um questionário com os gestores locais de saúde auxiliando para que o processo ocorra sem rupturas e a vacina chegue o mais rápido possível a toda a população. No início de agosto viabilizou doações para Secretarias de Saúde de Caxias do Sul, Jaquirana e Bom Jesus.

Para fazer parte, basta se cadastrar no site GMDB, no seguinte endereço https://www.grupomulheresdobrasil.org.br/, na seção Junte-se a Nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *