Secretaria da Saúde alerta para prevenção da doença diarreica aguda

Cuidados simples como higiene correta e frequente das mãos e lavagem dos alimentos pode evitar o contágio

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informa que foram identificados surtos de diarreia, vômito e sintomas gastrointestinais em duas instituições de ensino e em uma empresa de Caxias do Sul, iniciados entre o final de setembro e o início de outubro. Foram coletadas amostras de alimentos e também amostras biológicas e de água de redes de distribuição e de reservatórios que foram encaminhadas para análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/ RS), para investigação da possível causa. Todos os casos foram informados à Secretaria Estadual da Saúde e estão em monitoramento. Nenhuma pessoa com sintomas precisou de internação hospitalar.

Diante do aumento de casos de doença diarreica aguda no município, e também com base em alerta epidemiológico emitido pela Secretaria Estadual da Saúde/ Centro de Vigilância em Saúde, a SMS tem aumentado a vigilância em relação à doença. Além da análise laboratorial, está sendo realizada a investigação caso a caso para caracterização dos surtos, georreferenciamento dos casos de doença diarreica aguda registrados no município, interlocução com serviços de saúde e rede escolar para rápida identificação e notificação de possíveis novos casos – em especial em crianças e reforço das medidas de prevenção para doenças contagiosas, bem como elaboração de alertas e materiais

informativos.

A SMS recomenda à comunidade que sejam tomadas medidas de prevenção, mesmo que ainda não tenha sido confirmada a causa. Os sintomas da doença diarreica aguda são náuseas, vômitos, febre, diarreia, dor de cabeça e dor de estômago. Quem apresentar sintomas deve manter-se hidratado com bastante água e consumir alimentos leves. Caso os sintomas persistam ou ocorra febre ou fezes com sangue, a orientação é procurar atendimento médico.

Divulgação Sabe Caxias:

 

 

Saiba como prevenir a Doença Diarreica Aguda

– Beba água tratada e faça a limpeza da caixa d’água uma vez ao ano ou sempre que necessário.

– Lave bem as mãos com água e sabão e use álcool em gel.

– Evite contato próximo com pessoas sintomáticas. Se estiver doente, fique em repouso.

– Lave bem alimentos e utensílios. Higienize mamadeiras com água fervente.

– Evite compartilhar objetos como toalhas e talheres.

– Prefira acenar: não abrace nem toque nas mãos de outras pessoas.

– Manter as mãos sempre limpas é uma das medidas mais importantes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *