Artigo / Um SPA na Índia por Moah Sousa

Moah Sousa / jornalista e produtor cultural 

A quantidade de imagens e informações expostas em cada linha do livro me tonteiam tanto que, por vezes, tomo uma xícara de chá. Em outras, devoro um saco de batatas fritas bem gordurentas
Ocorre com certa frequência de reler histórias ou determinadas partes do livro e ficar viajandão, projetando cenas e imaginando as meninas Luciana Tomasi e Andrea Barth Gerbase superando as pesadas paradas naquele mundão de privações, narcisismo e masoquismo, ignorância e miséria, opressão e intensa espiritualidade. Por tudo isso, procedo numa leitura cautelosa, mas nada preventiva, já que, na minha idade é muito difícil ajeitar uma boa religião, da mesma forma que não conseguimos mais trocar de amigos.
Como disse, além de não terminar a leitura, a faço de forma anárquica e delirante. Porém, percebo que de forma subliminar navego em outro livro em paralelo. As pistas se revelam no carinho das palavras trocadas pelas duas personagens, nas miradas sociais e culturais distintas, nos interesses e coisas que as atraem, nas deliciosas miudezas comerciais femininas.
As linhas invisíveis contam outras histórias, outras percepções de mundo, miradas distintas de duas amigas que buscam viver a vida em paz e o mais próximo da felicidade possível. Coisas que, imagino, ficam muito além do céu.
Luciana Tomasi, jornalista, produtora, escritora e cineasta nasceu em Caxias do Sul. Andrea Barth Gerbase, médica e fotógrafa é natural de Porto Alegre.
Serviço
Livro: Um Spa na Índia
Autora: Luciana Tomasi
Fotos: Andrea Barth Gerbase
Editora: Libreto, 147 páginas

Divulgação Sabe Caxias:

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *