Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac reforça a importância de os gaúchos manterem-se unidos contra o vírus

A Covid-19 segue agindo e o momento é de conscientização quanto à relevância dos cuidados individuais e coletivos

Segundo dados do governo do RS, o Estado já ultrapassou os 11 milhões de doses aplicadas da vacina contra a Covid-19. Mas mesmo com o bom andamento da oferta de imunizantes, os gaúchos precisam manter a vigilância em relação à pandemia. “Estamos em alerta, porque muitas pessoas que já poderiam estar vacinadas ainda não compareceram e isso nos preocupa muito. A completa cobertura vacinal é fundamental para enfrentarmos a ação inevitável das variantes deste vírus. Chegamos num momento em que um ajudar o outro a entender a importância de se vacinar e ser vigilante se tornou fundamental”, alerta a gerente de Saúde do Sesc/RS, Mari Estela Kenner.

A sensação de normalidade é um risco para todos e já compromete o enfrentamento à doença. É válido relembrar que de dezembro de 2019 até o momento já são mais de 4,4 milhões de óbitos no mundo. “Frente a este cenário, queremos ver os gaúchos protegidos. Para isto, a iniciativa e o cuidado de cada um consigo mesmo é essencial. As autoridades de saúde estão fazendo sua parte e precisamos fazer a nossa”, complementa o presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, Luiz Carlos Bohn.

Segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), com a correta adesão às vacinações, é possível evitar, por ano, de duas a três milhões de mortes. Neste sentido, a Sociedade Brasileira de Imunização (https://sbim.org.br) aponta que:

– A vacinação é tão importante para a saúde quanto o consumo de uma dieta saudável e a prática de atividade física;

– Estar vacinado(a) pode significar a diferença entre estar vivo(a) e saudável ou gravemente enfermo(a) ou com sequelas deixadas por doenças imunopreveníveis;

– As vacinas estão entre os produtos farmacêuticos mais seguros que existem.

“Precisamos ao máximo evitar a desinformação, ajudando as pessoas próximas de nós a entender o cenário que estamos vivendo. Baixar a guarda neste momento seria um erro. Precisamos garantir o retorno às nossas atividades de forma segura e consciente”, lembra Mari Estela. Complementando, Bohn diz: “Não podemos correr o risco de retornar ao que vivemos em 2020: fechamentos das atividades econômicas, além da triste e preocupante superlotação dos hospitais. Está em nossas mãos o equilíbrio que tanto queremos: que é saúde e desenvolvimento para todos”.

É importante relembrar: Os índices de recuperação da Covid-19 são altos, mas isto depende da imunização, de cuidados simples de higiene e da atenção aos detalhes do dia a dia. Neste sentido, Mari Estela orienta: “Além da febre, tosse, dor de cabeça, fadiga e das dores musculares, há outros sinais de alerta como dificuldade de respirar e pressão no peito. O que orientamos é: ao ter os primeiros sintomas fique alerta e procure atendimento médico. Lavar as mãos com frequência e usar máscaras adequadas são ações que precisam seguir em nossa rotina”.

Unidos contra o Vírus: Desde o início da pandemia, o Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac está bem próximo à comunidade gaúcha, incentivando a imunização completa de todos os públicos. No site www.fecomercio-rs.org.br/unidoscontraovirus, a Federação reserva espaço especial para chamar atenção para a importância da imunização.

Seguindo as recomendações das autoridades e mantendo os cuidados com a saúde de todos, os serviços de Sesc e Senac continuam sendo entregues, fazendo a diferença na vida das pessoas. Um exemplo disso é a programação on-line e gratuita disponível no Portal Perto de Vc, com variadas áreas como: empreendedorismo, educação, esporte, saúde, cultura, lazer e ação social. Acesse o conteúdo pelo www.pertodevc.com.br.

Divulgação Sabe Caxias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *