Eduardo Araújo “Do country rock à moda de viola” uma super entrevista exclusiva para o Cafeína Talk Show

Eduardo Araújo é cantor e compositor brasileiro que completa 60 anos de carreira este ano, 2021.

Na estrada com um novo projeto, “Eduardo Araújo, Do country rock à moda de viola”, sempre na visão antecipada de um artista que marcou sua vida pela vanguarda, visa aproximar a música das novas gerações. Numa parceria com o Sesi nacional, mesmo estacionado por causa da pandemia, a antecipação e o pioneirismo seguem como preocupações importantes e didáticas para a música mundial, podemos dizer sem exageros e  com a mesma simplicidade e generosidade que Eduardo Araújo me atendeu via skype. Era domingo e por mais de hora conversamos sobre bastidores, produção, formas de gravação, enfim, música.

“A Onda é o Boogaloo”, disco de 1969, produzido por Tim Maia, foi o trabalho introdutor no Brasil do soul music. Antes disso, já havia estourado com grande sucesso a música “O Bom” que até hoje merece releituras modernas e agrada o bom ouvido musical.

Outro sucesso importante de Eduardo Araújo, “Vem quente que estou fervendo”, gravada por Roberto Carlos e Erasmo Carlos, mas executada no bom estilo rock blues bem mais visceral por Eduardo Araújo, é ainda hoje e será sempre um dos ícones da música nacional.

Eduardo Araújo dizia quando no início da carreira que seria o Frank Sinatra brasileiro. Pois demonstra hoje na sua força de expressão musical e vida ser o Eduardo Araújo brasileiro que merece e merecerá sempre amplo espaço na história da música e da arte nacional.

Acompanhe a entrevista exclusiva de Eduardo Araújo para Miguel Brambilla no Cafeína Talk Show. Um bom momento de entretenimento e aprendizado.

NO CAFEÍNA  TALK SHOW VOCÊ ENCONTRA MÚSICA, ARTE, CULTURA, DIVERSÃO, HISTÓRIAS DE BASTIDORES E ESPAÇO PARA NOVIDADES…

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *