Indicadores de inadimplência recuam em Caxias

De acordo com dados da Boa Vista SCPC, o número de inadimplentes em Caxias do Sul na base de dados do SCPC está em torno de 112 mil. 

O Sindilojas Caxias informa que a Boa Vista SCPC, maior banco de informações de crédito do estado e do país, constatou que o número de inadimplentes em Caxias do Sul caiu em 2020, considerando o mesmo período de 2019. São 13 mil inadimplentes a menos, considerando que, em 2019, eram 125 mil e hoje são em torno de 112 mil devedores.

De acordo com as instituições participantes do Relatório FOCUS, do Banco Central, o PIB do Brasil encolherá -5,0% em2020 – maior retração para um único ano em toda a série histórica, iniciada em 1901. Apesar do tombo projetado para a atividade econômica, os índices de restrição ao crédito apresentaram declínio nos últimos meses. Nessa situação, o desafio é entender como a inadimplência pode ter caído em plena crise. O município de Caxias do Sul, por exemplo, registrou a perda de 6.594 vagas formais de trabalho no setor privado entre janeiro e agosto de 2020, considerando o saldo entre admissões e desligamentos do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Entre os principais destaques negativos setoriais estão os serviços (-2.417), indústria (-2.384) e comércio (-1.477).

Oscar Frank, economista-chefe da CDL POA, fundadora da Boa Vista SCPC, defende que quatro elementos ajudam a explicar esse fenômeno. Entre eles, estão o “coronavoucher”, considerando que o auxílio emergencial mais do que compensou o impacto da recessão sobre a massa de salários. Ele acrescenta à lista o comportamento previdente das famílias, já que, em cenários caracterizados pela incerteza, o consumidor costuma guardar recursos como precaução. Segundo ele, os dados de captação da caderneta de poupança comprovam a tese, pois os depósitos têm superado as retiradas como nunca antes visto desde março: “Quanto mais difícil for antever o futuro, menor é o estímulo para o gasto com bens e serviços hoje”, pontua. Além disso, essa “sobra” acaba, em determinadas circunstâncias, direcionada para a quitação de dívidas. Frank aponta também a redução da Taxa SELIC, pois com a queda dos juros básicos, os devedores conseguem renegociar seus débitos a um custo inferior. Outro fato é que, no pior momento da pandemia, os bancos permitiram o adiamento dos pagamentos por 60 dias.

O economista afirma também que muitas empresas aumentaram os investimentos em estruturas de cobrança e no desenvolvimento de produtos para reaver os valores em atraso e, inclusive, flexibilizaram suas políticas de crédito, com o intuito de fortalecer o relacionamento com os clientes.

Crédito da foto: Cristhian Silva 

Divulgação:

Conheça também nossas parcerias em geração de conteúdo de entretenimento geral:

Sabe Caxias by Bitcom – Segunda à sexta das 10:15 às 11:00 horas e depois à disposição:

Youtube, facebook, instagram – Sabe Caxias e BitcomTV

https://www.facebook.com/bitcomtv/videos/274025030486102/

Sabe Caxias by Bitcom – 22/10/2020

Sabe Caxias by Bitcom – 22/10/2020Assuntos de seu interesse.

Posted by Bitcom TV on Thursday, October 22, 2020

Cafeína Talk Show – todas as sextas uma nova estreia.  20 hs.

MÚSICA:

PUBLICIDADE:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *