Distanciamento social controlado na rotina dos gaúchos

Especialista em Saúde Coletiva explica como funciona o novo formato de quarentena no Rio Grande do Sul

O modelo de distanciamento social controlado que começou a ser implantado no Rio Grande do Sul, na última segunda-feira (11), visa estabelecer protocolos de prevenção à disseminação do coronavírus, conforme a cor da bandeira de cada uma das 20 regiões a que o estado foi dividido. As subdivisões foram separadas entre risco baixo (amarelo), risco médio (laranja), risco alto (vermelho) e risco altíssimo (preto). No momento, apenas a região de Lajeado (R29, R30), com seus 37 municípios, está no patamar mais emergencial.

Diante do aumento de casos do novo coronavírus algumas medidas devem ser obedecidas pelos moradores das cidades, como o uso de máscaras que protejam as vias respiratórias e o afastamento entre as pessoas por cerca de 2m de distância. O docente e coordenador da área da Saúde do Senac Saúde, Adalvane Nobres Damaceno, explica que essas determinações vão além das máscaras e do distanciamento. “Outras medidas são recomendadas para barrar a transmissão do vírus, como limite de ocupação nos estabelecimentos, higienização constante das mãos e superfícies além do uso de Equipamentos de Proteção Individual, claro”.

As orientações para o distanciamento social controlado são atualizadas, pela equipe da Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul, semanalmente e visam a adequação da realidade quanto ao número de casos suspeitos, confirmados e óbitos das regiões. “Para pessoas que são do grupo de risco e pessoas com suspeita ou confirmação de Covid-19 é recomendada atenção para o distanciamento, uma vez que, são suscetíveis a outras complicações clínicas”, lembra o especialista.

O distanciamento social controlado é um meio termo entre o isolamento total e a vida normal. Pensando no comércio em lojas de rua (não essenciais), por exemplo, as bandeiras amarela e laranja estão funcionando com 50% dos trabalhadores, sem aglomeração; a vermelha com 25% dos trabalhadores, em formato de pegue e leve ou telentrega; e a preta segue proibido o funcionamento. Já as lojas de rua (essenciais) estão com 75% de trabalhadores nas bandeiras amarela e laranja;  50% de funcionários com restrições na bandeira vermelha; e 25% de funcionários com restrições na preta.

Conheça o programa SABE CAXIAS by BITCOM:

Segue o link:

Sabe Caxias by Bitcom – Ao Vivo – 14/05/2020

Sabe Caxias by Bitcom – Ao Vivo – 14/05/2020Assuntos de seu interesse.

Posted by Bitcom TV on Thursday, May 14, 2020

Cafeína Talk Show  – todas as sextas um novo convidado.

Cafeína Talk Show – Luis Fernando Alles – 08/05/2020

Cafeína Talk Show – Luis Fernando Alles – 08/05/2020Miguel Brambiila entrevista no Cafeína Talk Show desta semana o guitarrista e vocalista, Luis Fernando Alles.Confira!

Posted by Bitcom TV on Tuesday, May 5, 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *