Instituto Sérgio Lovato promove atividade de customização para alunos da Associação Criança Feliz

A oficina de stencil é realizada pelas Marias Lavrandeiras

Créditos: Redes Sociais (páginas das Marias e Mostra Tum Tum)

Identidade é mais do que um número em um papel ou dados para cumprimento de burocracias. Identidade é imagem, posição, comportamento. Remete a identificação, ao “literalmente falando” quando descrevemos alguém ou nós mesmos. Poder colocar isso em nossos gestos e estampar isso em nossa fisionomia é o tipo de tarefa que requer autoconhecimento e predisposição, seja esta última para buscar elementos que nos representam, seja para conhecer técnicas que auxiliem nesta missão.
A necessidade de reinvenção profissional também é um fator que impulsiona as pessoas a entrarem ou investirem em iniciativas que se utilizam de métodos, muitas vezes resgatados de outros tempos, como o próprio artesanato, e objetivam a independência financeira.
O stencil é uma destas técnicas que podem auxiliar as pessoas a darem “cara” a personalidade, as ideias que as movimentam, sejam estas pautas de cunho social, econômico ou educacional. Em Caxias, o método de estampar ou transpassar imagens, escritos e formas para o tecido é utilizado com muito domínio e particularidade pela marca Marias Lavrandeiras. Encabeçada por duas irmãs com formação no ensino de História, as peças, em maioria camisetas, criadas ou customizadas, trazem impressa ideias acerca da sociedade, com imagens de grandes artistas e pensadores, por exemplo, que carregam ideais e também questionamentos compartilhados por elas.
Classificado como uma iniciativa que se enquadra no conceito de economia colaborativa, o projeto há dez anos se efetivou fora das fronteiras do País, devido ao alcance e envolvimentos das irmãs, Paula e Pâmela Grassi Cervelin, bem como as facilidades possibilitadas pelas redes sociais. Assim, da necessidade de complementação de renda para pagar gastos das, na época, acadêmicas, a agora marca é também uma ideia sólida e carregada de identidade pessoal que encontra nos mais diversos públicos a aceitação e simpatia das pessoas.
Desta forma, com vista no estímulo a manifestação livre e criativa, o Instituto Sérgio Lovato enxerga possibilidades do stencil enquanto ferramenta que pode dar alternativas para crianças e adolescentes também. Além de incentivar a criatividade por meio da arte, a técnica pode ser vista como instrumento de geração de renda, pois é acessível e de baixo custo, bem como possibilita a reutilização de materiais para a confecção da peça.
Deste modo, uma turma de 15 adolescentes atendidos pela Associação Criança Feliz, entidade assistencial localizada na região do bairro Nossa Senhora de Fátima, vai participar de uma oficina de stencil com Paula Grassi Cervelin, da Marias Lavrandeiras, na tarde do dia 31 de março. A atividade tem como objetivo compartilhar os conhecimentos acerca da técnica e possibilitar que os aprendizes tenham condições de personalizar ou criar peças de roupas e vejam nisso uma alternativa de renda própria ou para a família.
O presidente do Instituto Sérgio Lovato entende que preparar estes jovens para uma realidade de mercado é um dever da sociedade como um todo. Por isso, Eduardo Lovato acredita que a promoção de ações deste cunho tendem a colaborar para este enfrentamento inevitável ao jovem. “Ter consciência do peso e alcance das nossas escolhas para o futuro tendem a tornar o jovem mais seguro e objetivo sobre o que quer e o que é preciso para alcançar este desejo. Em tempos de competições, larga concorrência e muita oferta, saber o nicho em que se está entrando deve ser o maior acerto não apenas profissionalmente, mas no que diz respeito a forma que nos enxergamos no futuro”, conclui Lovato.
O trabalho do Instituto Sérgio Lovato pode ser conferido por meio do site sergiolovato.com.br, Facebook ou Instagram pelo @institutosergiolovato/, bem como das Marias Lavrandeiras pelo @mariaslavrandeiras/, também via Facebook e/ou Instagram.


ASSISTA AO PROGRAMA SABE CAXIAS BY BITCOM – CONTEÚDOS DE SEU INTERESSE

Acesse o link:

Sabe Caxias by Bitcom – Ao Vivo – 27/02/2020

Sabe Caxias by Bitcom – Ao Vivo – 27/02/2020Assuntos de seu interesse.

Posted by Bitcom TV on Thursday, February 27, 2020

CAFEINA TALK SHOW – um programa para os artistas da cidade

Cafeína Talk Show – 28/02/20 – Airton Lima

Cafeína Talk Show – 28/02/20 – Airton LimaMiguel Brambiila entrevista no Cafeína Talk Show desta semana o baixista e professor Airton Lima.

Posted by Bitcom TV on Friday, February 28, 2020


Serviço:

O que: Oficina de Stencil na Associação Criança Feliz, com Marias Lavrandeiras;
Quando: dia 31 de março; das 14h às 16h;
Onde: Associação Criança Feliz (na Av. Dr. Mário Lópes, 534, bairro Nossa Sra. de Fátima, em Caxias do Sul);

Informações: por meio do @institutosergiolovato/, no Instagram ou Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *