Na terceira fase! Ju vence nos pênaltis e está classificado na Copa do Brasil

Foi no nível máximo da emoção, mas o Juventude está na terceira fase da Copa do Brasil. Após empate em 1 x 1 no tempo normal, o Verdão bateu o XV de Piracicaba nos pênaltis por 8 x 7 e carimbou a classificação. Agora, o time alviverde aguarda o vencedor de River (PI) e América (RN).

Foto: Michel Lambstein / XV de Piracicaba / Divulgação

O jogo

É bem verdade que os pênaltis deram emoção à classificação alviverde. Mas é preciso destacar o empenho e a aplicação da equipe ao longo dos 90 minutos. Do equilíbrio da primeira etapa à superioridade no segundo tempo, o Juventude soube buscar o empate e, merecidamente, saiu vitorioso do confronto.

Sobre um gramado pesadíssimo e enlameado em virtude das fortes chuvas no começo do jogo, o Juventude soube jogar de acordo com o cenário. Com Bruno Alves inspirado e arriscando de fora da área, o Juventude quase abriu o placar em duas oportunidades. Por outro lado, o XV também arriscava de longe, mas Marcelo Carné se mostrou seguro mais uma vez. Na principal chance da primeira etapa, Marciel arriscou de fora da área e o goleiro se esticou todo para espalmar para escanteio.

Se a primeira etapa foi marcada pelo equilíbrio em um jogo recheado de boas chances de gol, o segundo tempo foi praticamente todo do Juventude. A exceção foi o gol do XV, aos 2 minutos, quando Daniel Costa cruzou, a bola passou por todo mundo e morreu no canto de Carné. 1 x 0.

Sem sentir o gol sofrido, o Juventude passou a atuar por todo o tempo no campo adversário, agora, diante de um time que se fechou em seu sistema defensivo. Aos 13, Bruno Alves chegou bem pela direita e cruzou rasteiro para o estreante Bruno Nunes, que finalizou prensado com o goleiro, que conseguiu fazer a defesa.

Aos 25, o Verdão chegou ao empate. Bruno Alves recebeu de John Lennon e cruzou para Bruno Nunes que, de peito, ajeitou com carinho para Eltinho. O lateral bateu de primeira, esbanjando qualidade, e acertou o ângulo do goleiro. Um verdadeiro golaço para coroar e empenho pelo empate. 1 x 1.

Daí em diante, só deu Juventude com a bola. O XV ainda perdeu o atacante Erison, que foi expulso aos 35 minutos. Mesmo assim, o placar não se alterou e a decisão foi para os pênaltis.

Na disputa, Igor, Edcarlos, Bruno Alves, Samuel Santos, John Lennon, Iago Dias, Caíque Valdívia e Marcelo Carné marcaram. Na última cobrança, o goleiro Mota bateu e isolou, confirmando a classificação do Juventude.

Agora, antes de voltar a pensar em Copa do Brasil, o Juventude tem como desafio o segundo turno do Campeonato Gaúcho. A primeira partida será contra o Grêmio, no próximo dia 29, às 11h, na Arena, em Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *