Ju sofre revés na estreia do Gauchão

Não faltou garra, entrega e muita luta para o Juventude na estreia do Gauchão. Porém, com um jogador a menos durante a maior parte do jogo e com arbitragem polêmica, a equipe comandada pelo técnico Marquinhos Santos acabou superada por 1 x 0 pelo Internacional. A partida ocorreu na noite desta quinta-feira (23/01), no estádio Alfredo Jaconi, e, apesar do resultado, a torcida Jaconera reconheceu o esforço da equipe ao final do confronto.

O jogo

Buscando a vitória na estreia do Campeonato Gaúcho, o Juventude iniciou bem a partida. Com uma forte marcação, o Verdão soube controlar as ações, forçando o erro do adversário. E logo aos seis minutos, a primeira oportunidade. João Paulo cobrou falta na área e Marciel acertou boa cabeçada, mas nas mãos do goleiro Marcelo Lomba.

Aos 15 minutos, o primeiro lance polêmico da partida. Após defesa de Marcelo Carné, Sarrafiore aproveitou rebote e finalizou de cabeça. Antes da bola entrar, porém, Genilson girou o corpo e evitou o gol. Na avaliação de Daronco, mesmo com o braço colado ao corpo, pênalti. Mais do que isso, cartão vermelho para o zagueiro alviverde, apesar de não haver, claramente, a intenção do atleta em bloquear, com o braço, uma finalização a queima-roupa. Na cobrança, Galhardo converteu. 0 x 1.

Mesmo com um jogador a menos, o Juventude seguiu intenso na primeira etapa e levou perigo ao gol de Marcelo Lomba. Aos 33, Samuel Santos fez boa tabela na lateral e cruzou com perigo. A zaga mandou para escanteio. A melhor oportunidade do Juventude na partida foi aos 36 minutos. João Paulo acertou lindo passe pelo alto para Bruno Alves. O atacante ganhou da defesa na velocidade e finalizou por baixo de Marcelo Lomba. Caprichosamente, a bola tomou o destino da linha de fundo ao lado da trave.

Com muitas faltas e poucas chances de gol, o segundo tempo demorou para ficar interessante. Desfalcado, o Juventude se defendeu bem e obrigou os visitantes a arriscarem de fora da área. A partir dos 33 minutos, o Verdão ensaiou uma pressão, mas faltou efetividade. Na melhor oportunidade, Bruno Alves puxou contra-ataque em velocidade e abriu para John Lennon. O jogador cruzou na área e a zaga afastou mal. No rebote, João Paulo finalizou de primeira, mas a bola desviou no caminho e a arbitragem marcou impedimento. O Internacional ainda teve uma chance aos 45, mas Marcelo Carné apareceu para fazer grande defesa.

Sem muito tempo para descanso, o Juventude já volta a campo no final de semana. A equipe comandada pelo técnico Marquinhos Santos enfrenta o São Luiz, no domingo (26/01), às 19h, no estádio 19 de outubro.

PUBLICIDADE:

ASSISTA AO PROGRAMA SABE CAXIAS BY BITCOM – CONTEÚDOS DE SEU INTERESSE:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *