Cerca de 450 estudantes do Município se formam em programa educacional de combate às drogas

Evento ocorreu na noite desta quinta-feira (28/11) e reuniu integrantes de sete escolas da Rede Municipal de Ensino

Cerca de 450 estudantes da Rede Municipal de Ensino (RME) participaram da cerimônia de formatura no Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), uma iniciativa do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM). O evento ocorreu na noite desta quinta-feira (28/11) e ocupou o Salão dos Capuchinhos. Estavam presentes a assessora pedagógica do Programa Comissão Interna de Prevenção a Acidentes e Violência Escolar (Cipave) da Secretaria Municipal da Educação (Smed), Fernanda Comerlato, e o secretário municipal de Segurança Pública e Proteção Social (SMSPPS), Ederson Cunha.

Os estudantes, que participaram do programa ao longo do segundo semestre deste ano, frequentam as seguintes escolas municipais de Ensino Fundamental: Paulo Freire, Presidente Tancredo de Almeida Neves, Angelina Sassi Comandulli, Dolaimes Stédile Angeli – CAIC, Ruben Bento Alves, Machado de Assis e Guerino Zugno. Todos receberam certificados.

No total, foram diplomados 1.436 estudantes de 58 turmas do 5º ao 7º ano do Ensino Fundamental das redes pública e privada de Caxias do Sul.

De acordo com Fernanda, ao longo deste ano letivo, a parceria com o 12º BPM foi fundamental para oportunizar ações preventivas com os estudantes do Município. “Ressaltamos o importante papel que o Proerd desempenha com os estudantes de nossa rede, ensinando habilidades para conduzirem suas vidas de maneira responsável e livre das drogas, despertando-lhes a consciência para este problema e, consequentemente, realizando um trabalho preventivo nas questões de violência”, destaca.

Para o ano letivo de 2020, novas edições do Proerd estão previstas. O programa de formação é realizado por meio de aulas ministradas por policiais militares. A atividade utiliza o método baseado na cultura da paz e tem como finalidade prevenir ou reduzir o uso de drogas e a violência entre crianças e adolescentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *