Chrome terá sistema que pode acelerar carregamento de páginas já acessadas

A equipe de desenvolvimento do Chrome está trabalhando em um recurso que vai melhorar o armazenamento de páginas acessadas e acelerar o carregamento caso o usuário decida retornar a um site anterior. A promessa do recurso, que está sendo trabalhado com foco na versão do navegador para Android, é aumentar a performance em 19%.

Chamada de “back/forward cache”, a tecnologia é uma expansão de recursos já existentes, que armazenam imagens e outros elementos de páginas acessadas na memória, de forma a aumentar a velocidade de navegação posterior. Com a novidade, entretanto, páginas inteiras podem ser salvas temporariamente, facilitando o acesso caso o usuário pressione o botão “voltar”.

Em um dispositivo mobile, a economia mais óbvia é em consumo de dados. É uma demanda que vale a pena, mesmo sendo citada pelo diretor de engenharia do Chrome, Addy Ossmani, como uma tarefa “nada trivial”, que está exigindo certa atenção dos times de desenvolvimento.

Uma demonstração em vídeo mostra a eficácia do recurso no carregamento de uma página normalmente pesada em elementos como a de um site de notícias. O retorno ao site anterior é praticamente imediato, enquanto, com o recurso desativado, o aparelho precisa de alguns segundos para exibir todo o conteúdo, principalmente as imagens e elementos clicáveis.

Entretanto, devido a seu caráter ainda experimental, não há precisão de lançamento do recurso, que deve chegar por meio de atualização gratuita para o navegador. Também não existem comentários sobre a aplicação da novidade na versão do browser para o iOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *