CAIS Mental completa 22 anos nesta segunda-feira (20)

Para marcar a data, o serviço organizou uma semana de atividades para recepcionar os pacientes
O Centro de Atenção Integral à Saúde Mental (CAIS Mental) completa 22 anos nesta segunda-feira (20). Para marcar a data, diversas atividades serão realizadas na sala de espera do CAIS até sexta-feira (24), como palestras e esclarecimentos de dúvidas. O objetivo é orientar e dar dicas de saúde aos pacientes e familiares que comparecem ao serviço.
O ambulatório é destinado ao atendimento psiquiátrico de crianças, adolescentes e adultos com transtorno mental e/ou sofrimento psíquico, e atendimento psicológico infantojuvenil. Desde a fundação, o CAIS Mental conta com 37.470 prontuários. Destes, 10.490 são prontuários ativos. No serviço, são realizadas mensalmente 1.500 consultas psiquiátricas e 600 atendimentos psicológicos. A equipe é composta por oito psiquiatras, sendo seis para atendimento adulto e dois para atendimento infantojuvenil; cinco psicólogas, uma assistente social, três estagiários e uma recepcionista.
Além dos atendimentos clínicos, o serviço promove também atividades como Grupo de Orientação a Pais, Grupo Antitabagismo, palestras sobre temas relacionados à saúde, contação de histórias, cinema no Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho e o projeto Sala de Leitura. O CAIS Mental desenvolve ainda o projeto SER – Ser Pai, Ser Mãe, que tem como foco orientar os pais dos pacientes atendidos sobre temas ligados ao desenvolvimento de crianças e adolescentes, podendo ser relacionado às questões de saúde como também comportamentais.
O CAIS desenvolve também campanhas educativas para que, no período em que aguardam atendimento, as pessoas recebam orientações importantes e que podem melhorar o serviço ou ainda o convívio em sociedade.
O objetivo dessas iniciativas é aproximar os usuários do serviço e fazer com que eles se sintam integrantes do processo de tratamento/acompanhamento e, assim, obter resultados satisfatórios junto aos pacientes atendidos. O acesso ao serviço ocorre por meio das Unidades Básicas de Saúde, órgãos de proteção, Fundação de Assistência Social (FAS), rede hospitalar e serviços especializados em saúde. O CAIS Mental está localizado na rua Sinimbu, n° 2.231, 2º andar – junto ao CES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *