POESIA: O HOMEM DE ARGILA – por Duni B.

artesaoMEU BEM ESTOU FICANDO UM OTÁRIO

SE LEVO FLORES PRA VOCÊ, VOCÊ PÕE O VASO NO ARMÁRIO.

MAS EU VOLTO…NÃO SEI POR QUE

EU ESTOU AQUI…

BABY, ME DÊ A CHAVE DO CARTÓRIO.

PARA EU ACHAR A SAÍDA DE MIM.

ENQUANTO VOCÊ SE DESDIZ.

UM HOMEM COM UMA MÁGOA CANTA BEM MELHOR.

EU JÁ SINTO SAUDADES, ANTES MESMO DE SAIR.

NÃO, NÃO VOU MAIS CONFESSAR OS MEUS SONHOS PARA VOCÊ.

QUE SEMPRE MUDA DE ASSUNTO E FALA MUITO DOS SEUS.

E ATIRA NO MEU ROSTO.

BABY…ESTOU FICANDO UM OTÁRIO.

UM GORDO NO SUPERMERCADO.

ASSIM VOCÊ ME MOLDA AO SEU JEITO.

COMO O MOFO NO QUARTO FECHADO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *