Segunda feira chuvosa…coragem e iniciativa…por Miguel Brambilla

Imagem 008Estamos paralisados, com medo do que está acontecendo no Brasil. Ao mesmo tempo, enquanto estamos em profunda depressão e tristeza, temos que viver e continuar encontrando soluções para nossas vidas. Felizmente existem as crianças, temos filhos, existem os jovens. Temos que dar exemplo de fé e esperança e talvez seguir o exemplo de desapego deles, no auge do metabolismo físico no inicio de sua jornada como cidadãos.

Tudo as vezes parece caótico. Trabalhei todo domingo, e quando era uma da manhã de segunda-feira, não aguentei, fui dormir. Seis e 45 estava novamente acordado. Uma sensação estranha de insegurança, uma desconexão com o ânimo e o entusiasmo que devem ser companheiros de quem acredita em Deus, de quem tem fé. É o meu caso.

Quero cavocar a coragem no meu coração e colocar fé no dia. Vou abandonando pequenos vícios, pois os grandes já abandonei há mais de década. O último foi o café diário e constante,  com muito açúcar.

Na primeira semana, emagreci pasmo, quatro quilos. Claro, reduzi um litro de café por dia, com todo o açúcar correspondente, umas dez colheres no total do dia, multiplicado por 30, 300 colheres de aproximadamente 5 gramas no total? Por ai… sei que 5 quilos de açúcar por mês era pouco e um absurdo no corpo claro.

Não apenas no físico, mas também no psicológico.

Um dos desafios do empreendedorismo de porte médio, é a solidão. Outro, é a síndrome do pensamento acelerado, como fala Augusto Cury, quando a mente se entope de reflexões, desejos, ideias, ansiedades, entupindo a saída do mental para o real, paralisando ações, perturbando a concentração, prejudicando o foco.

É preciso encontrar oportunidade em tudo, até mesmo nos vários tipos de limitação, de compromissos, de prisões. Tudo é oportunidade de superação.

Até mesmo uma segunda feira chuvosa.

Coragem e iniciativa….bom dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *