BMW X1 nacional vira SUV flex e mantém preços do importado

Novo BMW X1 ganhou equipamentos e motor flex, mas ficou mais caro que o anterior

Novo BMW X1 ganhou equipamentos e motor flex, mas ficou mais caro que o anterior

Apresentada em setembro de 2015 no Salão de Frankfurt, a segunda geração do BMW X1 começou a ser vendida no Brasil em dezembro, por importação, com preço inicial de R$ 166.950 e motor 2.0 a gasolina. A partir de março, o SUV passa a sair da linha de montagem em Araquari (SC) com tecnologia bicombustível. Sem mudar de preço, mesmo deixando de pagar impostos de importação.

Confira os valores:

+ X1 2.0 sDrive20i GP (R$ 166.950) — motor de 194 cv, tração dianteira e câmbio automático de oito marchas.
+ X1 2.0 sDrive20i X-Line (R$ 179.950) — mesma configuração do anterior.
+ X1 2.0 xDrive25i Sport (R$ 199.950) — motor de 234 cv e tração integral.

Desde a configuração de entrada o modelo traz seis airbags; faróis em LED; controles de tração e estabilidade; modo de condução econômico; sistema start-stop; borboletas atrás do volante para trocas manuais; bancos revestidos em couro; central multimídia com tela de 6,5 polegadas; sensores de estacionamento traseiro; limpador de para-brisa com acionamento automático; rodas de liga leve de 18 polegadas; e serviço de concierge semelhante ao do Chevrolet OnStar.

Na versão intermediária o modelo agrega teto solar panorâmico; bancos com regulagem elétrica; retrovisores externos rebatíveis eletricamente; e fechamento eletrônico do porta-malas. Na de topo, o X1 acrescenta rodas de aro 19; sistema de som HD e assentos esportivos com revestimento em couro preto exclusivo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *