NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DO EX-PRESIDENTE NELSON SBABO

É com enorme pesar que comunicamos o falecimento do ex-presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) Nelson Fábio Sbabo, ocorrido na noite dessa quinta-feira (6), aos 83 anos, no Hospital Unimed, em Caxias do Sul. Nelson Sbabo presidiu a entidade nos anos 2016-2017, e deixa um dos mais significativos legados da história de Caxias e Região.

O velório será realizado na Capela A do Memorial São José a partir das 7h, com saída agendada para às 18h. O cerimonial de despedida será realizado às 18h30 no Memorial Crematório São José.

Neste momento de imensa dor, faltam palavras para adjetivar um homem do porte de Nelson Sbabo. Não perdemos apenas um líder, um amigo, um entusiasta da vida em comunidade. Perdemos um símbolo, um ícone. Uma entidade de classe se faz com a participação de muitas pessoas, mas Nelson Sbabo transcendeu a missão de voluntariar pelas causas nas quais acreditava, ressignificando o trabalho comunitário.

Era doação, entrega, dedicação, e engajava a todos com sua personalidade afável, elegante e discreta, ao mesmo tempo em que se mostrava determinado e altruísta. Nunca perdeu a fé! Acreditava em Deus, nas pessoas, amava sua família acima de todas as coisas e tinha um amor incondicional pela CIC e pela nossa cidade. Era um verdadeiro embaixador de Caxias do Sul e Região. Adentrava gabinetes de poderosas autoridades ou percorria estradas empoeiradas com a mesma simplicidade.

Perdemos não só uma liderança admirada; vai com ele parte de uma das histórias mais importantes da entidade, que foi a construção da Rota do Sol e todo o envolvimento da CIC nessa bandeira de mais de 35 anos. Nelson Sbabo não será lembrado apenas como “O Homem da Rota”, mas também pela generosidade com que dedicou décadas de seus mais de 80 anos de existência à comunidade desta Região em todos os grandes projetos de infraestrutura com os quais sonhava. E ele sonhava grande!

À família, especialmente à estimada esposa Jandyra, e seus incontáveis amigos, nossas condolências. Vai em paz, Sbabo, pois sabemos que Deus asfaltou uma linda estrada para sua vida eterna!


Ivanir Gasparin – Presidente do Conselho Executivo da CIC Caxias
José Quadros dos Santos – Presidente do Conselho Deliberativo
Dagoberto Lima Godoy – Presidente do Conselho Superior
Funcionários da CIC

 

QUEM FOI NELSON SBABO

Nasceu em 16 de março de 1936, em Galópolis, Caxias do Sul, filho de Caetano Sbabo e Maria Santina Boff Sbabo. Iniciou seus estudos primários na Escola Chaves Barcelos, em Galópolis, concluindo-os na Escola Santa Terezinha, em Gramado. Cursou o Ginásio no Colégio Nossa Senhora do Carmo, em Caxias do Sul. Na Escola Técnica de Comércio de Caxias cursou o Técnico de Contabilidade, no ano de 1956. Neste mesmo ano concluiu o Serviço Militar no quartel do 3º Grupo de Canhões Antiaéreos 40 m/m.

Terminados os estudos do Ginásio, passou a estudar à noite e trabalhar durante o dia. Seu primeiro emprego, no ano de 1955, foi como balconista da Livraria Rossi, quando saiu para prestar o Serviço Militar, em 1956. Naquele mesmo ano iniciou o trabalho de contador da Firma Francisco Zambon & Cia Ltda. Em junho do ano seguinte assumiu a contabilidade e gerência da filial do LANSUL – Lanifício Sulriograndense S/A, de Caxias do Sul, onde exerceu suas funções até março de 1960. Atuou como sócio da firma Francisco Zambon & Cia Ltda, que era um depósito de fios de algodão para malharia e distribuidor dos produtos Kibon.

Em 1960 passou a exercer a função de contador e encarregado do setor de peças da Oficina Mecânica Bazo & Cia Ltda. Em março daquele mesmo ano, junto com Albino Formolo e Valdemar Formolo, fundou, como sócio-cotista, a Albino Formolo & Cia. Ltda, empresa de comércio de materiais para construção, hoje Formolo Materiais de Construção Ltda, da qual foi diretor administrativo.

Em setembro de 1960, casou-se com Jandyra Leonilda Formolo. Da união nasceram os filhos Mônica Mary Sbabo, Marcia Margô Sbabo, Fábio André Sbabo e as gêmeas Daniela e Gabriela Sbabo.

Em dezembro de 1984, formou-se bacharel em Direito, tendo recebido o diploma em solenidade no dia 23 de março de 1985.

Exerceu o mandato de vereador em Caxias do Sul de 1972 até 1976. Foi fundador e diretor administrativo da Formolo Madeiras Ltda, coligada da empresa Formolo Materiais para Construção Ltda, da qual participou como sócio e diretor.

Foi fundador e presidente da Associação dos Comerciantes de Materiais para Construção de Caxias do Sul (Acomac) de 1988 a 1989, e primeiro vice-presidente da Federação das Acomacs do Rio Grande do Sul. Exerceu também a função de diretor e assessor Jurídico da Acomac Caxias do Sul.

Em 1972 deu início ao seu trabalho de pressão junto ao governo do Estado pela conclusão da Rota do Sol. Foi diretor-tesoureiro do Sindimadeira e membro do Conselho Consultivo da entidade.

Exercia também o cargo de presidente do Círculo Operário Caxiense e participava como membro da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) desde 1974, ocupando inicialmente o cargo de conselheiro, posteriormente o de diretor de Infraestrutura e de coordenador da Comissão Pró-conclusão da Rota do Sol, trabalho que teve início em 1972 até a sua conclusão, em 20 de dezembro de 2007, totalizando uma luta de 35 anos. Foi vice-presidente de Comércio da CIC na gestão 2008-2011 e presidente da entidade nos anos de 2016 e 2017. Atualmente, integrava a Diretoria de Infraestrutura e Política Urbana da CIC.

Ao lado da esposa Jandyra, participava do movimento “Equipes Nossa Senhora” desde 1972, e era palestrante para noivos no curso de preparação para o casamento, ministrado nas paróquias da Diocese de Caxias do Sul.

Atuava ainda na comunidade da Igreja Cristo Redentor por mais de 40 anos, tendo exercido os cargos de vice-presidente, presidente e coordenador da Comissão Administrativa.

Foto: Julio Soares/Objetiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *