Empreendimentos de Caxias do Sul participam do Dia do Vinho Brasileiro

Sete vinícolas, escola de gastronomia e loja especializada em vinhos estão engajadas nas ações alusivas à programação que começa nesta sexta-feira (17) até o dia 2 de junho 

 

Vinícolas, escola de gastronomia e loja especializada em vinhos de Caxias do Sul fazem parte da vasta gama de atrações do Dia do Vinho Brasileiro, que ocorre entre os dias 17 de maio e 2 de junho. Entre as mais de 700 de atrações, em 45 municípios, em seis estados, sete vinícolas caxienses estão oferecendo descontos que chegam a 30%, degustações especiais e outras atrações para os turistas e também para o público local. A edição deste ano celebra os 10 anos do Dia do Vinho e ganhou status nacional por englobar os estados de Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais, que se juntam aos já participantes Rio Grande do Sul, São Paulo e Bahia.

Tradicional endereço dos enófilos de Caxias do Sul e região, a loja de vinhos Boccati oferece descontos que vão de 10% a 20% no portfólio de vinhos brasileiros durante o período. A loja também oferecerá degustações, em parceria com vinícolas nacionais.

E falando em vinícolas, a Don Severino preparou mais do que descontos para o público: nos jantares da Osteria del Torchio durante o período, na compra de uma garrafa de vinho ou espumante, a segunda, de igual ou menor valor, é por conta da casa. A Quinta Don Bonifácio oferece visitação à vinícola e degustação de vinhos e espumantes premiados queijos e embutidos produzidos em Caxias do Sul, de 25 de maio a 2 de junho.

Para quem quiser abastecer a adega não vai faltar opções em Caxias do Sul. As vinícolas Zanrosso, Don Giácomo, Don AffonsoMichelon e Pagliosa oferecem descontos que vão de 10% a 30% na compra de produtos no varejo.

A Escola de Gastronomia Sal a Gosto aproveita a data para celebrar os oito anos de atividades. E para comemorar, a escola realizada uma competição gastronômica na qual os interessados devem enviar uma receita que tenha o vinho brasileiro como ingrediente de destaque. Os cinco finalistas serão convidados a reproduzirem as receitas enviadas no laboratório de gastronomia do Uniftec, na sexta-feira (17).

Outros destaques 

·         A Don Giácomo oferece visitação guiada na vinícola com degustação de cinco rótulos, sem custo. Na compra do piquenique (para 4 pessoas) ou da pizza (2 pessoas), os visitantes ganham, ainda, uma garrafa de vinho de 750ml Bordô seco ou suave, ou uma garrafa de suco de uva 1 litro (branco, tinto ou rosé). 

·         Na Don Affonso, na compra de caixa com 12 unidades o cliente ganha uma garrafa de outro vinho da mesma linha para degustar. No período, durante a visitação, ocorrerá degustação liberada de toda linha de vinhos, sucos, espumantes e cervejas especiais. 

·         Michelon oferece degustação em toda a linha de vinhos.

 A programação completa, incluindo horários, contatos para agendamentos e preços, pode ser acessada no novo site do evento, em www.diadovinhobrasileiro.com.br, que foi reformulado, seguindo a nova identidade visual do projeto.

Sobre o Dia do Vinho Brasileiro         
O Dia do Vinho Brasileiro ocorre desde 2010. A celebração é uma realização do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), por meio do projeto Vinhos do Brasil, Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR/RS) e Wine in Moderation, e do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, como resultado do Projeto Eventos Integrados e Integradores – reinterpretação da concepção de evento, fomentado pelo Ministério do Turismo. A lei que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul no primeiro domingo de junho de cada ano foi promulgada em 12 de dezembro de 2003. O projeto partiu do então deputado estadual Iradir Pietroski.

A série de eventos tem a parceria do Sebrae, por meio do convênio Valorização dos Vinhos Brasileiros, e o apoio das prefeituras municipais de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Guaporé, Jundiaí, Monte Belo do Sul, Nova Pádua, Pinto Bandeira, Rolante, Urussanga, Veranópolis e Vila Flores, além da Associação de Turismo da Serra Nordeste (Atuaserra), Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur), Associação de Viticultores do Paraná (Vinopar), Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), Associação de Produtores de Vinhos  Finos da Campanha Gaúcha, Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho), Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe de Urussanga (ProGoethe), Associação dos Vitivinicultores do Vale Central Gaúcho (Vinhos do Coração do Rio Grande), Associação Vinho de Altitude (SC), Instituto do Vinho Vale do São Francisco, Rota do Vinho de Jundiaí, Roteiro Caminho das Pipas (RS), Roteiro do Vinho de São Roque (SP), Sindicato da Indústria do Vinho de São Roque (Sindusvinho/SP) e Sindicato da Indústria do Vinho do Estado de Minas Gerais (Sindvinho).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *