Exposição em Caxias do Sul propõe uma jornada visual pela vida e obra da poeta Vivita Cartier

A poeta gaúcha Vivita Cartier terá sua vida em destaque este ano em Caxias do Sul. Além do lançamento de sua biografia assinada pelo escritor Marcos Fernando Kirst, ela também vai ganhar uma exposição no Museu Municipal da cidade. A mostra “Vislumbres da Noiva do Sol: uma jornada visual pela vida e obra da poeta Vivita Cartier” conduz o espectador por fotos, poesias e objetos lúdicos que remetem ao universo particular da poeta. O projeto é desenvolvido pela fotógrafa Liliane Giordano, que também assina a curadoria. Ainda, é inspirado no livro “O ocaso da Colombina”, de Kirst, e conta com design gráfico de Ernani Carraro, e bordados e costuras de Valdema Paganella Giordano.

A abertura da mostra ocorre no dia 21 de fevereiro, a partir das 19h30, no Museu Municipal de Caxias do Sul. E a visitação é de 22 de fevereiro a 31 de março, de terças a sextas das 9h às 17h, e sábados das 11h às 17h.

A mostra ganha características de uma instalação, já que em seu percurso interliga ilustrações, poesias bordadas em tecidos, cartas impressas de Vivita, móveis de época, fotografias e até um varal no qual os visitantes poderão deixar bilhetes poéticos. “A ideia desta exposição é despertar nas pessoas a retomada da rima e da delicadeza das palavras. A poesia está em tudo o que nos rodeia, basta sabermos olhar. Pensamos também em instigar as pessoas a retomarem as cartas, a troca de segredos descritos em palavras, pois além da carga emocional que isso carrega, também é uma forma de perpetuar nossos sentimentos pelo tempo – tal como a voz de Vivita chega a nós hoje, quase um século depois, por meio de suas cartas”, afirma a curadora Liliane Giordano.

Durante o período de visitação, diversas atividades lúdico pedagógicas serão promovidas a fim de valorizar as experiências cotidianas e propor diálogos no espaço do museu a todas as pessoas. A identidade do projeto propõe ações poéticas, em que os conceitos e os sentidos são instigados. O trabalho envolve diversas dimensões, como da estética, da percepção, e a social e humana nas relações com a arte e com o museu. Em consonância com a proposta curatorial da exposição e da poética das imagens, são desenvolvidas ações que possibilitam encontros, diálogos, experiências e novos caminhos para a linguagem artística.

Serviço:

O quê: abertura da exposição “Vislumbres da Noiva do Sol: uma jornada pela vida e obra de Vivita Cartier”

Data: 21 de fevereiro de 2019, quinta-feira

Horário: a partir das 19h30

Onde: Museu Municipal de Caxias do Sul – Rua Visconde Pelotas, 586, Caxias do Sul / RS

Período de visitação: 22 de fevereiro a 31 de março, de terças a sextas das 9h às 17h, e sábados das 11h às 17h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *