Ju luta, vence e sobe na tabela do Gauchão

Foto: Arthur Dallegrave/E.C.Juventude

Foi na raça e na pegada, mas também na qualidade que o Juventude garantiu três pontos diante do Aimoré. Mesmo fora de casa, o Verdão fez um jogo em que soube segurar o ímpeto adversário e, no ataque, foi efetivo quando teve a oportunidade. O 1 x 0, com gol do jovem Bruno Camilo, deixa o time do técnico Luiz Carlos com sete pontos, na quinta colocação.

O jogo
Foi um confronto típico de Gauchão. Diante de uma equipe que jogava em casa e ainda não havia perdido na competição, o Juventude soube administrar um começo em que sofreu pressão do adversário. Com o jogo estabilizado, o Juventude soube aproveitar quando chegou à frente. Aos 35, Denner arrancou pelo meio, limpou a marcação e soltou a bomba. Marcelo Pittol espalmou e, no rebote, Bruno Camilo apareceu para marcar. 1 x 0. Foi o primeiro gol como profissional do jovem volante criado na base alviverde.
A segunda etapa foi mais aberta e as duas equipes mostraram poder ofensivo. O Juventude, porém, dominou o jogo na maior parte do tempo. Aos 7, Dalberto fez grande jogada pela direita e cruzou com perfeição para Denner. O meia chegou cabeceando firme, no canto, mas o goleiro salvou o que seria o segundo gol.
Aos 15, o jovem meia alviverde apareceu de novo. Após bate-rebate, a bola sobrou na entrada da área e ele soltou a bomba, tirando tinta do travessão. Aos 28, Denner cobrou escanteio fechado, a bola passou por todo mundo e quase morreu dentro do gol, mas foi afastada em cima da linha.
Segurando todas as investidas adversárias, o Ju administrou o placar até o final, garantindo os três pontos importantíssimos para a sequência da competição. Agora, o Verdão volta as atenções para a Copa do Brasil. Na quarta, o Verdão encara o Palmas, em Tocantins, na primeira fase da competição. Pelo Gauchão, o próximo desafio é contra o Internacional, domingo, no Jaconi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *