Incubadora Tecnológica de Caxias do Sul (ITEC-UCS) recebe certificação nacional

O certificado CERNE 1 recebido pela ITEC-UCS atesta sua capacidade para prospectar e selecionar boas ideias, transformando-as em negócios inovadores bem sucedidos, sistemática e repetidamente.

A Incubadora Tecnológica de Caxias do Sul (ITEC-UCS), que integra a estrutura do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da Universidade de Caxias do Sul (TecnoUCS), recebeu, no final de 2018, o Certificado CERNE 1, marcando assim um processo contínuo de qualificação dos processos que visam apoiar, formar e consolidar empresas inovadoras.

O certificado foi concedido pelo Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (CERNE), uma iniciativa da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A avaliação considera níveis de 1 a 4 – de acordo com o nível de maturidade dos processos-chave em curso – e está baseada em uma plataforma de soluções, que visa ampliar a capacidade da incubadora em gerar, sistematicamente, empreendimentos inovadores bem sucedidos, funcionando como uma “base de referência para que as incubadoras de diferentes áreas e portes possam reduzir o nível de variabilidade na obtenção de sucesso das empresas apoiadas”. Nessa etapa, foram avaliados os processos-chave diretamente relacionados ao desenvolvimento dos empreendimentos, tais como: qualificação, assessoria, seleção e gestão. Ao atingir esse nível de certificação, a incubadora demonstra que tem capacidade para prospectar e selecionar boas ideias, transformando-as em negócios inovadores bem sucedidos, sistemática e repetidamente.

Neste ano, foi possível darmos alguns passos importantes para entrarmos no cenário nacional juntamente com os principais atores dos ambientes de empreendedorismo e inovação”. O professor Enor Tonolli, coordenador-executivo do TecnoUCS, comemora o recebimento do CERNE 1 e aponta outras conquistas obtidas pela Universidade de Caxias do Sul, no âmbito do TecnoUCS, em 2018, destacando “a entrada na plataforma Land2land, cinco startups aceleradas, convênio com uma aceleradora, a associação à Anprotec e a participação nos movimentos de inovação da região e do estado, qualificando as nossas ações que devem ser ampliadas para 2019”.

ITEC-UCS
A Incubadora Tecnológica de Caxias do Sul destina-se ao apoio, formação e consolidação de micros e pequenas empresas tecnologicamente inovadoras, visando ao desenvolvimento econômico e social. O espaço recebe os novos empreendimentos por até dois anos, oferecendo suporte em capacitação gerencial, captação de financiamento, inserção no mercado, serviços e infraestrutura. Desde sua criação, em 1999, contribuiu para a inserção de mais de 60 empresas no mercado (que respondem por um faturamento ao redor de R$ 60 milhões/ano), contribuindo para a criação de 300 empregos diretos e cerca de 100 indiretos. Esses resultados ilustram a taxa de sobrevivência superior a 90% das empresas incubadas na ITEC cinco anos após a criação dos empreendimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *