Pesquisa de intenção de compras para Dia das Crianças aponta que ticket médio será de R$ 201,96

Crédito da imagem: Ângela Salvallaggio

Dados coletados foram divulgados durante coletiva de imprensa na CDL Caxias

A CDL Caxias do Sul aproveitou a chegada do mês de outubro para divulgar, em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (05), a pesquisa de intenção de compras dos consumidores caxienses para o Dia das Crianças. Os dados foram captados entre os dias 22 e 25 de setembro em diversas regiões do município e entrevistou cerca de 390 pessoas.

Os números coletados e apresentados pelo diretor de Pesquisa, Informação e TI da CDL Caxias, Ricardo Regal Comandulli, demonstram que 50,77% vão comprar presente nesta data. Já, 42,31% afirmaram que não devem comprar. Outros 6,92% dos entrevistados já compraram. Questionados sobre os motivos que os levarão a não presentar, 55,76% disseram não ter criança para dar presente; 24,85% estão sem dinheiro; 16,3% simplesmente optaram por não comprar; 3,09% elencaram outros motivos.

Para este Dia das Crianças o ticket médio gasto com os artigos adquiridos será de R$ 201,96. Mas também 31,28% afirmou que devem optar por fazer alguma atividade para celebrar o Dia. Destes, 39,44% irão fazer um passeio; 22,54% irão almoçar fora em família; 11,27% irão aos parques do bairro; 9,86% ao cinema; 5,63% aproveitarão os espaços kids dos shoppings da cidade; 2,82% viajarão em família; 2,82% também irão em lojas de jogos; e 5,63% elencaram outros tipos de atividades. Para realizar estas ações especiais o ticket médio desembolsado deverá ser de R$ 122,21.

A pesquisa também aponta que 52,87% darão presentes para seus filhos; 18,03% darão para seus afilhados; 15,98% elencou outro parentesco; 12,70% darão para seus sobrinhos; e 0,42% darão para os filhos dos seus amigos.

Além disso, 52% das pessoas que declaram intenção de compra para o Dia das Crianças disseram que darão: 63,25% brinquedos; 21,37% darão roupas; 10,26% darão celulares, eletrônicos e games; 5,13% dará outro tipo de presente; 48% das pessoas que vão às compras ainda não decidiram o que irão comprar. O que pode ser um ótimo gancho para lojas, lanchonetes, restaurantes, etc.

Questionados sobre a maneira que pretendem pagar pelos itens comprados, 59,56% afirmaram que devem pagar com dinheiro; 32,66% com cartão de crédito; 4,89% por meio de crediário da própria loja; e 2,11% com cartão de débito. Sendo assim, 63,56% disseram que devem pagar suas compras à vista; outros 9,78% falaram que pagarão em 3x; 8,89% devem pagar em 2x; e 5,33% afirmaram que devem pagar em 6x ou mais.

Quanto às promoções, 52,99% dos entrevistados disseram que procuram e recebam ofertas: cartazes e folhetos 28,87%; sites de lojas 28,17%; Facebook 16,9%; Instagram 8,45%; televisão 4,23%; e-mail 4,23%; whatsapp 2,82%; por meio de outros aparelhos 3,52% e pelo jornal 2,82%.

Ainda conforme a apresentação realizada por Comandulli, nesta pesquisa a CDL Caxias optou por fazer mais uma pergunta aos entrevistados. Foi então questionado se as campanhas realizadas pelas lojas e serviços direcionados ao Dia das Crianças, de alguma forma, marcaram o entrevistado. E 97,78% afirmou que não. Já, 2,22% disseram que sim.

57,33% dos entrevistados também afirmaram que as crianças falam sobre os presentes que pretendem receber na data. Em contrapartida às afirmações feitas no parágrafo anterior, 48,06% admitiram que as propagandas de TV influenciam as crianças sobre seus pedidos, assim como os vídeos do Youtube também foram lembrados por 27,13%; colegas de escola, 10,85%; postagens no Facebook também influenciam nos pedidos, 3,88%; e campanhas no Instagram, 2,33%. Ainda assim, 42,67% dos entrevistados afirmaram que as crianças não falam o que querem ganhar de Dia das Crianças. Dessa maneira, 54,22% disseram que devem comprar os que as crianças pedem. 45,78% irão comprar outras coisas.

Referente à data das compras para a comemoração, 53,78% dos entrevistados irão deixar para adquirir os presentes na última semana que antecede o Dia. Outros 21,78% vão comprar na véspera, 10,22% já compraram e 4,44% comprará no dia. Quanto aos horários das compras, 30,08% pretendem comprar os presentes de segunda a sexta, na parte da tarde. No sábado, 30,01% também deverá ir à tarde e no domingo, 1,3% deverá optar pela parte da tarde.

Questionados quanto às escolhas que os entrevistados farão na hora de optar por um local ou outro para fazer suas compras para o Dia das Crianças, 37,31% admitiram que o atendimento é fundamental; já 26,12% diz que levará em conta os preços e os descontos; e 9,14% a localização. Agora, 66,8% já afirmaram que pretendem adquirir seus presentes em lojas de rua; outros 16,4% comprarão em shoppings; e 3,2% farão seus pedidos pela internet.

A pesquisa também demonstrou que comparado a 2017, 40% dos entrevistados deverão gastar a mesma quantia com os presentes neste Dia das Crianças. Todavia, 27,11% devem investir um pouco mais e 23,11% um pouco menos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *