Ju faz por merecer a vitória, mas fica no 0 x 0 com o Figueirense

   

Foto: Arthur Dallegrave/E.C.Juventude

O Juventude pressionou, criou, finalizou nada menos que 26 vezes, mas não conseguiu converter as chances em gol e ficou no empate em 0x0 contra o Figueirense. Em jogo que ocorreu na noite deste sábado (11/08), no estádio Alfredo Jaconi, o Verdão foi melhor durante praticamente toda a partida, foi prejudicado escandalosamente pela arbitragem e acabou somando apenas um ponto. Com o empate, a equipe alviverde chegou aos 25 pontos e ocupa a 13° colocação.

O jogo

Melhor desde o apito inicial, o Juventude buscou a vitória durante os 90 minutos. Logo aos dois, Jair lançou para Pará, que chutou forte para boa defesa de Denis. Aos dez, Vidal fez grande jogada, entrou na área e tocou para trás. Leandrinho finalizou desequilibrado pela marcação, para fora.

Aos 17, ocorreu o primeiro lance polêmico da partida. Pará cruzou da esquerda, a zaga desviou para trás e Elias marcou o gol, que foi anulado pela arbitragem por impedimento. Aos 25 foi a vez do time catarinense assustar. Após bom contra-ataque, o atacante Henan chutou para fora, dentro da pequena área. O Juventude voltou a criar boa jogada com Denner. O meia tabelou com Leandrinho e finalizou com perigo, para fora. Fred, em cobrança de falta, também levou perigo, mas disparou por cima.

O Verdão seguiu pressionando e criando chances. Na última oportunidade do primeiro tempo, Tony chutou forte, de longe, obrigando Denis a realizar grande defesa e espalmar por cima, para escanteio.

Em um segundo tempo mais aberto, com as duas equipes procurando o ataque incessantemente, o Ju, embalado pela torcida que cantou alto, seguiu superior e voltou a pressionar. Aos sete minutos, Vidal fez boa jogada pelo lado direito e tocou para Fellipe Matheus, que chutou forte para defesa salvadora do goleiro. No lance seguinte, Elias foi lançado cara a cara com o goleiro e, ao tentar limpar a jogada, foi desarmado, em grande oportunidade.

Aos 20, Jair lançou Vidal, que tocou para Leandro Lima na entrada da área. O meia chutou de primeira, tirando tinta do travessão. Com mais posse de bola e controlando as ações do jogo, o Juventude obrigou o Figueirense a investir nos contra-ataques. Aos 30, Julinho finalizou de longe, a bola desviou na zaga alviverde e bateu no pé da trave de Matheus. O Verdão respondeu rápido. Fellipe Matheus cruzou com muita categoria e Diones cabeceou firme, para nova defesa de Denis. Aos 39, Pará fez boa jogada e tabelou com Leandrinho. O lateral invadiu a área e chutou cruzado, rasteiro, com perigo, para defesa milagrosa do goleiro. Na cobrança do escanteio, Diones desviou de cabeça para fora, à direita, em boa chance.

No último lance da partida, aos 50 minutos, Leandrinho sofreu falta claramente dentro da área. De forma absurda, o árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza marcou falta na entrada da área. Ainda assim, Fred cobrou com extrema categoria e a bola explodiu no travessão, no último ato do jogo.

O Juventude volta a campo no próximo sábado (18/08), às 16h30min, para enfrentar o Oeste, na Arena Barueri, em São Paulo.

publicidade:

ANDI FERRAGENS

No Andi Ferragens, sempre uma oferta, sempre uma solução para o que você precisa.

Posted by Sabe Caxias on Thursday, April 5, 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *