UCS sedia o Campeonato Mundial de Handebol para Surdos

De 13 a 21 de julho, evento reunirá atletas de diversos países na Vila Poliesportiva do Campus-Sede da UCS.
 
O Comitê Organizador do Campeonato Mundial de Handebol para Surdos definiu as datas da competição: de 13 a 21 de julho, delegações de diversos países disputam o título mundial da modalidade na Universidade de Caxias do Sul (UCS).
Esta edição será inédita: pela primeira vez a competição será disputada também no âmbito feminino.
 
Participam delegações do Brasil, Equador, Croácia, Dinamarca, Turquia, Rússia, Gana, Quênia e Camarões.
 
Os jogos oficiais e treinamentos das seleções serão realizados no Centro Poliesportivo da Vila (o Ginásio III), que oferece a estrutura necessária para a realização das partidas, conforme os padrões internacionais da modalidade, orientados pelo Comitê Internacional de Esportes para Surdos.
 
Durante o Campeonato Mundial, as delegações ficarão acomodadas em hotéis da região e também no alojamento da Vila Poliesportiva. “É um acontecimento fantástico poder sediar um evento dessa magnitude. Receber um Campeonato Mundial é um feito inédito que trará consequências muito positivas para a modalidade no Brasil e também para a Instituição”, ressalta Carlos Bonone, coordenador da Vila Poliesportiva da UCS.
 
O Comitê Organizador do evento é formado por membros da Confederação Brasileira de Desportos de Surdos e do Comitê Internacional de Esportes para Surdos. Alexandre Dale Couto, presidente da CBDS, adianta que a população poderá assistir os jogos gratuitamente das arquibancadas. Para ampliar ainda mais o acesso à competição, será providenciada transmissão ao vivo dos jogos pela internet, por meio de streaming. 
No dia 11 de julho, antes do início do Campeonato, ocorre o congresso técnico da modalidade no Personal Royal Hotel (rua Garibaldi, 153). No dia 12, às 18 horas, ocorre a abertura oficial dos Jogos, na Casa da Cultura Percy Vargas de Abreu e Lima, no centro da cidade.
 
Jogos terão acesso liberado para o público
As pessoas que desejarem acompanhar o Mundial terão entrada gratuita para os jogos. No entanto, sugere-se a doação de alimentos não perecíveis, que serão destinados a entidades assistenciais da cidade.
A tabela passa por ajustes finais, mas os jogos devem ocorrer a partir das 14 horas no Centro Poliesportivo da Vila (o Ginásio III).
“É importante que toda a comunidade acolha bem os participantes brasileiros e estrangeiros, demonstrando senso de respeito e inclusão social”, reforça.
 
Programação cultural acompanha a competição
Durante os dias de competição, está confirmada a participação Maracatu Baque dos Bugres, Grupo de Dança Afro formado por alunos da Escola Estadual Professor Apolinário Alves dos Santos e Dança Cigana do Instituto da Audiovisão (INAV). A programação das apresentações será divulgada pela organização na próxima semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *