FSG oferece plataforma com indicadores sociais de municípios da Serra

Observa Serra disponibiliza gratuitamente dados socioeconômicos, de saneamento e criminalidade

A FSG – Centro Universitário da Serra Gaúcha oferece, gratuitamente em seu site, uma ferramenta de pesquisa denominada Observatório da Serra Gaúcha (Observa Serra). O programa tem como funcionalidade atualizar e fornecer indicadores de furtos, homicídios, dados que envolvem casos como os da Lei Maria da Penha, perfil tributário, frota de veículos, taxa de empregados em relação à população urbana, massa per capita de materiais recicláveis recolhidos via coleta seletiva, entre outros números de municípios que formam o Corede Serra (confira lista abaixo).

Conforme o professor do curso de Ciências Contábeis da instituição e responsável pelo Observa Serra, Itacir Alves Da Silva, a ferramenta utiliza-se de dados disponibilizados pela Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e os Ministérios da Saúde e da Educação, por exemplo. “O que fazemos dentro do programa é concentrar todos os dados que antes eram oferecidos separadamente. Agora todos ficam reunidos em uma mesma plataforma, o que vem facilitando o acesso às informações e a construção do perfil de cada município”. Ou seja, com a plataforma é possível comparar dados de determinada área e perceber se o índice aumentou ou diminuiu em relação ao período investigado.

Ainda de acordo com o professor, a ferramenta foi criada, primeiramente, com o objetivo de tornar-se fonte de pesquisa para os estudantes que por vezes sentem dificuldades em encontrar dados confiáveis e atualizados para elaboração de trabalhos acadêmicos. “Além de fonte de pesquisa, o Observa Serra passou a contribuir também com a gestão de políticas públicas das prefeituras municipais, auxiliando na identificação de áreas prioritárias para investir determinado recurso. Utilizando-se da plataforma é possível consultar qual é o setor mais deficitário do município e investir com exatidão”.

O programa, disponível desde 2016, ainda pretende lançar mais uma forma de atualização e auxílio aos que fazem uso dos dados. “Nossa ideia é oferecer cursos de extensão e qualificação para prefeituras, secretarias e líderes de governança para que melhor aproveitem o material oferecido na plataforma, até porque quanto melhores os indicadores apresentados, mais verbas públicas o município pode vir a receber”, explica Itacir.

Todos os indicadores sociais podem ser consultados no site da FSG.

 

Municípios do Corede Serra

Antônio Prado, Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Cotiporã, Fagundes Varela, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Guabiju, Guaporé, Ipê, Montauri, Monte Belo do Sul, Nova Araçá, Nova Bassano, Nova Pádua, Nova Prata, Nova Roma do Sul, Paraí, Protásio Alves, São Jorge, São Marcos, São Valentim do Sul, Santa Tereza, Serafina Corrêa, União da Serra, Veranópolis, Vila Flores e Vista Alegre do Prata.

FSG

Com sede em Caxias do Sul, a FSG é o Centro Universitário da Serra Gaúcha. Reconhecida pelo seu protagonismo no desenvolvimento de propostas educacionais instigadoras, é referência no cenário da educação superior. Oferece centenas de cursos de Graduação, Pós-Graduação e Extensão presenciais e a distância. A Instituição integra o grupo Cruzeiro do Sul Educacional, um dos mais representativos do País, que reúne instituições academicamente relevantes e marcas reconhecidas em seus respectivos mercados, como Universidade Cruzeiro do Sul e Universidade Cidade de São Paulo (São Paulo/SP), Universidade de Franca – Unifran (Franca/SP), Centro Universitário do Distrito Federal (UDF), Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (Itu e Salto/SP), Faculdade São Sebastião – FASS (São Sebastião/SP), Centro Universitário Módulo e Faculdade Caraguá – FAC (Caraguatatuba – SP) e Faculdade Cesuca (Cachoeirinha – RS), além de colégios de educação básica e ensino técnico. Visite: www.fsg.edu.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *