Ju joga bem, sofre com erros da arbitragem e empata com o Coritiba no Jaconi

O Juventude teve uma atuação que não deveria ter terminado com outro resultado que não fosse a vitória. Em uma noite de erros banais da arbitragem, o Verdão saiu atrás no placar, alcançou o empate em 1 x 1 e fez por merecer resultado melhor.  Guilherme Parede abriu o placar para o Coxa e Fred empatou, em belíssima cobrança de falta. Com o ponto conquistado deixa o time alviverde com 15 pontos, na nona colocação e com oito jogos consecutivos de invencibilidade.

 

O jogo

 

Foi um primeiro tempo de uma atuação sólida do Juventude, ainda que, sem grandes chances de gol. Isso porque o destaque ficou para o primeiro erro banal da arbitragem. Aos 13 minutos, Leandro Lima cobrou escanteio, Fred cabeceou e a bola explodiu nitidamente no braço de Vinícius, dentro da área. O árbitro Caio Max Vieira mandou seguir o jogo.

 

Querendo a vitória, o Verdão apresentava mais posse de bola no setor ofensivo, tentando algumas investidas. Aos 19, Queiroz experimentou de longe, para defesa do goleiro. Leandro Lima também tentou, mas pegou fraco na bola, para nova defesa de Wilson. Aos 35, Jesus dominou, girou sobre a marcação e chutou de canhota, nas mãos do goleiro. Na única chance do Coxa, Leandro Silva fez jogada individual e chutou cruzado, para defesa segura de Matheus. No último minuto, Queiroz dominou de peito na entrada da área e fuzilou. O goleiro espalmou para frente, do jeito que deu, na principal chance da primeira etapa.

 

O segundo tempo foi novamente de superioridade do Juventude, que passou a criar chances claras de marcar. Aos sete minutos, Jair recuperou grande bola no setor de meio campo e serviu Ricardo Jesus na direita. O centroavante dominou, avançou e fez assistência perfeita para Queiroz, que bateu de primeira. A bola tirou tinta do travessão, naquela que seria a grande chance da partida até então.

 

Aos 26, o Ju voltou a assustar. Felipe Mattioni tabelou com Tony – em uma assistência espetacular – e recebeu na frente, cara a cara com o goleiro. Com a bola no alto, o lateral tentou o cabeceio, mas acabou finalizando fraco, nas mãos de Wilson. Dois minutos depois, Arthur Taufer recebeu na entrada da área, girou e chutou à esquerda do goleiro.

 

Quando o Ju pressionava e estava prestes a marcar seu gol, foi o Coritiba quem encontrou o caminho das redes. Guilherme Parede recebeu lançamento perfeito, avançou e chutou na saída de Matheus. 0 x 1, aos 32 minutos. Sem se deixar desmotivar pelo gol sofrido, o Juventude tratou de buscar o empate. Douglas Kemmer sofreu falta na entrada da área. Fred chamou a responsabilidade e, em uma cobrança magistral, encontrou o ângulo esquerdo. Um golaço! 1 x 1.

 

Embalado pelo gol, o Juventude seguiu em cima do adversário e só não teve a chance de vencer devido a mais uma falha clamorosa da arbitragem. Em lance que iniciou do lado direito do campo, Douglas Kemmer recebeu dentro da área. No domínio, a bola acabou subindo e passaria pelo zagueiro, que abriu o braço, ampliando o espaço corporal e impedindo que a bola seguisse seu rumo. Pênalti claro, observado por todo o público presente no estádio, sonegado por Max Vieira. Fim de jogo, empate, aplausos e incentivo da torcida e o sentimento de que a vitória poderia ter acontecido.

 

publicidade:

 

CAC Serra

Posted by Sabe Caxias on Friday, March 9, 2018

 

 

“Realizamos uma partida sólida, diante de uma das equipes que vão brigar até o final do campeonato pelas quatro vagas que valem o acesso. Fomos muito bem em diversos aspectos e só não saímos com a vitória porque infelizmente houve dois lances capitais, com pênaltis claros, que não foram assinalados. Tivemos também a bola do jogo, criamos nossas oportunidades claras de marcar e apresentamos uma criação interessante em diversos momentos da partida. Estamos evoluindo e a série de jogos sem perder nos motiva a continuar neste processo de trabalho”, destacou o técnico Julinho Camargo, ao final do confronto.

 

O Juventude volta a campo na 12ª rodada para enfrentar o Goiás, no estádio Serra Dourada. A partida será no próximo dia 21, às 21h30min.

Juventude: Matheus Cavichioli, Felipe Mattioni, Rafael Bonfim, Fred e Pará; Diones, Jair, Choco (Taufer), Leandro Lima (Tony); Guilherme Queiróz (Douglas Kemmer) e Ricardo Jesus.Técnico Julinho Camargo

 

Coritiba: Wilson, Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alex Alves e William Matheus; Vitor Carvalho (Simião), Vinícius Kiss, Yan Sasse e Alisson Farias (Nathan); Iago (Guilherme Parede) e Pablo Thomaz. Técnico Eduardo Batista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *