Caminhoneiros e governo negam que haverá nova paralisação da categoria

O governo federal e lideranças de entidades que representam caminhoneiros de todo o país negaram nesta sexta-feira (1º) os boatos referentes a uma nova paralisação da categoria neste final de semana.

Nos últimos dias, mensagens de áudio e de texto circularam em grupos de WhatsApp dizendo que uma nova greve iria ocorrer a partir da 0h deste domingo (3).

Pelo menos quatro áudios e uma mensagem de texto em tom de alerta circularam por grupos de WhatsApp nos últimos dias. Nos áudios, homens dizendo ser caminhoneiros estariam alertando outras pessoas sobre uma nova paralisação.

A razão da nova greve, segundo os áudios, seria o suposto veto do presidente Michel Temer (MDB) à redução de R$ 0,46 no preço do óleo diesel. A medida, no entanto, já está em vigor, segundo o governo.

A greve dos caminhoneiros durou 11 dias e gerou uma crise de desabastecimento de combustíveis e de alimentos em todo o país. O movimento foi encerrado na quinta-feira (31).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *