Juventude soma ponto fora de casa, diante do Criciúma

Apesar de ter criado as principais chances de gol ao longo da partida, o Juventude não balançou as redes diante do Criciúma, na noite desta terça-feira (15/05), no estádio Eriberto Hülse. Extremamente truncado, o confronto não saiu do 0 x 0 e o ponto conquistado deixa o Verdão com seis, na 14ª colocação na classificação geral.
O jogo
Apesar de estar jogando longe de seus domínios, foi o Juventude quem tomou a iniciativa do jogo ao longo dos 20 primeiros minutos. Aos 13, a equipe trabalhou bem pelo lado direito e Choco recebeu na entrada da área. Ele se livrou de dois marcadores e finalizou de perna esquerda, no canto, para ótima defesa do goleiro, salvando o gol que abriria o placar.
Apostando na bola aérea, o Criciúma até chegava próximo ao gol do Juventude, mas a defesa se mostrou bem postada e afastou qualquer perigo. Matheus, quando acionado em cobranças de falta, também mostrou segurança. Aos 35, Cesar Martins recebeu na direita e cruzou rasteiro. Por muito pouco Choco não chegou a tempo de desviar do goleiro, que saiu com os pés para salvar.
A segunda etapa foi mais movimentada, mas não menos disputada e com muita marcação. Choco, assim como no primeiro tempo, apareceu bem novamente para criar a principal chance dos 45 minutos finais. Após assistência de Diones, ele partiu em velocidade, ganhando da marcação. Com a perna esquerda, finalizou firme, mas encontrou novamente o goleiro Luiz, que praticou outra defesa salvadora.
Aos 28, o Juventude voltou a criar boa chance em cabeceio de Diones, após cruzamento de Fred. A bola tirou tinta da trave. O lance se repetiria com Rafael Bonfim, que também cabeceou rente ao gol, minutos depois. A partir daí, o árbitro expulsou três jogadores. O primeiro foi Marlon, do Criciúma, após deixar as travas da chuteira nas costas de Fellipe Mateus, já caído. Depois, Neuton recebeu o segundo amarelo e, dois minutos depois, foi a vez de Fred que, segundo o auxiliar de arbitragem, ergueu demais o pé próximo ao rosto do adversário.
Com o jogo descaracterizado em virtude das expulsões, o Juventude se defendeu nos minutos finais e segurou o 0 x 0 e o importante ponto conquistado fora de casa.
“É claro que vamos valorizar este ponto, pois é sempre importante pontuar, especialmente fora de casa. Mas eu confesso que a nossa ideia era a de buscar os três pontos no jogo de hoje. Em um jogo muito brigado, de muita marcação e que ficou devendo tecnicamente, conseguimos criar as principais oportunidades e mostramos entrega ao modelo de jogo que propomos. Agora é aproveitar este tempo até o próximo jogo e trabalhar para acertar detalhes para o próximo jogo”, destacou Julinho Camargo.
O Verdão volta a campo no próximo dia 26, diante do São Bento, no estádio Walter Ribeiro, na cidade de Sorocaba (SP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *