Conselho Temático de Economia e Finanças da CIC analisa conjuntura e faz recomendações às empresas

Carta Econômica do 1º trimestre foi divulgada nesta segunda-feira (14) pelo conselheiro Joarez Piccinini

O Conselho Temático de Economia e Finanças da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) sintetizou os assuntos de maior relevância da conjuntura econômica em um documento divulgado nesta segunda-feira (14) pelo conselheiro Joarez Piccinini. Na chamada “Carta Econômica do 1º trimestre/2018”, os conselheiros analisam o desempenho das principais economias mundiais, traçam cenário de curto e médio prazo para economia brasileira e apontam os principais aspectos que interferem na atividade econômica, a fim de apoiar as empresas associadas no entendimento dos impactos nos negócios e na gestão. Além disso, vai ao encontro dos esforços da entidade na busca pela disseminação de informação e conhecimento.

Entre as tendências apontadas pelo Conselho de Economia da CIC estão a manutenção da atividade econômica; consumo sustentado pela queda da taxa de juros e inflação; aumento da geração de empregos; e desvalorização do real frente ao dólar. Outro aspecto destacado no documento são as recomendações à classe empresarial para embasar a tomada de decisões. De acordo com os conselheiros, o País vive um cenário claro de recuperação gradual da economia. Para fazer frente a esta nova conjuntura, as indústrias de Caxias do Sul precisam aumentar sua competitividade e eficiência. Além disso, o empresário deve investir em processos industriais automatizados, qualificar a mão de obra e melhorar a produtividade. No entanto, a Carta Econômica salienta que, em decorrência dos aspectos políticos no âmbito nacional, ainda há fragilidades na retomada da economia brasileira.

Integram o Conselho Temático de Economia e Finanças da CIC as seguintes pessoas: Alexander Messias, Astor Milton Schmitt, Carlos Zignani, Joarez Piccinini, Idalice Manchini e Maria Carolina Gullo.

Foto: Julio Soares/Objetiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *