Grêmio estreia com vitória sobre o Cruzeiro

Gol foi marcado pelo estreante André, no início da etapa complementar

Para o Tricolor, a tarde deste sábado foi de estreia no Campeonato Brasileiro 2018, dando a largada na busca por mais um título. Jogando no Mineirão, o Grêmio enfrentou o Cruzeiro e mandou bem, vencendo a Raposa por 1 a 0.

Para a partida, o técnico Renato Portaluppi não escalou todos os atletas titulares nos últimos jogos. Teve o desfalque de Pedro Geromel, que ficou fora por conta de uma virose e de Luan, poupado depois de sentir um desconforto muscular. Paulo Miranda e Cícero foram alternativas.

A partida também foi de estreia de um jogador. André entrou em campo pela primeira vez desde a sua contratação e fez bonito, assinando o gol da vitória.

O Grêmio foi bem na primeira etapa, valorizando a posse de bola e ocupando por maior parte do tempo o campo do Cruzeiro. Não conseguiu chegar ao gol porque teve dificuldades nas infiltrações, devido ao time mineiro estar fechado.

Mas era questão de tempo. Aos 9 minutos do segundo tempo, o estreante André abriu o marcador no Mineirão. A jogada se desenhou com Léo Moura acionando Ramiro na direita. O volante deu umbom drible em Egídio e cruzou. Cícero conseguiu desviar no primeiro poste e André apareceu para mandar para o fundo das redes.

Aos 30 minutos, Kannemann foi expulso da partida, depois de cometer uma falta sobre Arrascaeta, que entrava na área em velocidade pela esquerda.  O técnico Renato, que já havia substituído Maicon por Jailson, precisou mudar. Tirou o atacante André e reforçou a zaga com Bressan. A última alteração foi feita com Everton dando lugar a Michel.

Com o resultado positivo, o Tricolor conquista seus primeiros três pontos na competição.

Primeiro tempo

O Cruzeiro tentou surpreender logo nos primeiros minutos, em uma jogada com velocidade pelo meio. Robinho deu passe para Rafael Sóbis, que acionou De Arrascaeta. O gringo teve o domínio e finalizou, mas a bola ficou tranquila para a defesa de Marcelo Grohe.

Em resposta, o Grêmio desceu pela esquerda. Cortez acionou Everton, que passou por Edílson, mas o lateral aplicou um carrinho no ex-companheiro, cometendo falta. Na cobrança, Ramiro colocou na área, mas a defesa do Cruzeiro conseguiu afastar.

Novamente pela esquerda, Bruno Cortez passou pela marcação e serviu Everton. O atacante passou por Dedé e chegou na área, mas Henrique desarmou o camisa 11, com 5 minutos de bola rolando.

O Grêmio trabalhou bem a bola, com Everton puxando pro meio, acionando André; o atacante tentou passe para Ramiro, mas a defensiva cortou. Depois de recuperar a posse de bola, agora Léo Moura avançou pela direita e cruzou. André arriscou uma bicicleta, mas mandou à direita da meta defendida por Fábio.

Outra oportunidade gremista surgiu aos 16 minutos. Trocando passes, na sua principal característica, o Tricolor chegou ao ataque. Everton recebeu na esquerda e acionou rapidamente Bruno Cortez, mas o lateral não conseguiu o domínio e a bola se perdeu pela linha de fundo.

Por outro lado, o Cruzeiro teve uma boa falta a seu favor. Na cobrança, Robinho alçou a bola na área no segundo poste, para Dedé desviar de cabeça, mas Grohe defendeu. Em seguida, Thiago Neves cobrou um escanteio, Ariel Cabral mandou de cabeça, mas para fora.

Aos 26 minutos, o Tricolor ameaçou de novo. Everton roubou a bola e desceu em velocidade pela esquerda, driblando Dedé, mas acabou parando no segundo marcador. Em seguida, o Grêmio teve uma cobrança de escanteio, em que Ramiro colocou na boca do gol, Cícero tentou concluir de cabeça, mas o arqueiro mineiro ficou com a bola.

Cinco minutos depois, em cobrança de escanteio, Thiago Neves mandou na área, mas Cortez desviou de cabeça para trás para Marcelo Grohe fazer a defesa. Já aos 40’, de longe, Rafael Sóbis dominou e arriscou de fora da área, mas sem perigo para a meta gremista.

O Grêmio teve maior posse de bola durante a partida. Rodava a bola de um lado para o outro. Uma das tentativas novamente surgiu pela esquerda, com Cortez tentando um cruzamento, mas Dedé interceptou o lance.

Jogo finalizou aos 46’.

PUBLICIDADE:

Moguitur Transportes- (Viagem para Arena do grêmio)

Posted by Sabe Caxias on Wednesday, October 11, 2017

 

Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação e antes do primeiro minuto, Kannemann já tentou um lançamento buscando André, mas a defensiva mineira, mais uma vez, cortou. Respondendo, o Cruzeiro chegou com a finalização de Thiago Neves, de fora da área. Grohe defendeu.

Aos 5 minutos, o Grêmio chegou novamente em cobrança de falta. Léo Moura mandou na área, mas a zaga afastou. Logo na sequência, Cortez cruzou da esquerda para Ramiro, que cabeceou no contrapé de Fábio, mas um defensor salvou praticamente em cima da linha.

Depois de uma baita jogada trabalhada, o Tricolor, por fim, chegou ao gol com o estreante André. A jogada se desenhou com Léo Moura acionando Ramiro na direita. O volante deu um bom drible em Egídio e cruzou. Cícero conseguiu desviar no primeiro poste e André apareceu para mandar para o fundo das redes, aos 9 minutos.

Substituição: Saiu Maicon, entrou Jailson, aos 12 minutos.

O Grêmio quase chegou ao segundo aos 15 minutos. Em um contra-ataque rápido, André recebeu lançamento e logo passou  para Cícero. O meia tocou para Everton, que deslocou a marcação e chutou de fora da área, obrigando Fábio a voar e fazer grande defesa.

Três minutos depois, De Arrascaeta chegou em velocidade pela esquerda e cruzou, mas Grohe defendeu.

Em seguida, para o Tricolor, Jailson fez uma boa abertura para Bruno Cortez, na esquerda. O lateral cruzou para Everton, que concluiu. Mas pegou muito embaixo da bola, que subiu demais.

A Raposa tentou o empate com De Arrascaeta, chegando pela esquerda e chutando cruzado, mas Grohe fez boa defesa.

Aos 30 minutos, Kannemann foi expulso da partida. O argentino acabou cometendo falta sobre Arrascaeta, que entrava na área em velocidade pela esquerda.

Substituição: Aos 30’, Bressan ocupou a vaga de André e aos 39’, Michel o lugar de Everton.

Com 40 minutos, Thiago Neves tentou uma inversão de jogada para Arrascaeta, aberto pela esquerda. A bola correu muito e saiu para tiro de meta.

Saindo do campo de defesa, trocando passes, o Grêmio chegou novamente ao ataque. Cortez acionou Michel e acabou derrubado por Dedé.

Com dez homens em campo o Grêmio passou a ser pressionado. Edílson avançou pela direita e tentou passe para a área, mas Bressan afastou o perigo. Em seguida, o lateral fez novamente outra jogada. Lançou na área para Dedé subir de cabeça. A bola sobrava para Arrascaeta, que chutou de primeira, cruzado. A bola raspou na trave e saiu com muito perigo.

Os mineiros ainda tentaram com Mancuello, que chutou forte, obrigando Grohe a fazer grande defesa.

Jogo finalizou aos 52 minutos.

 

* O trio de arbitragem paranaense foi comandado por Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos.

Fotos: Dudu Macedo | Lancepress

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *