RGE investe R$ 32,7 milhões na ampliação do sistema elétrico de Caxias do Sul

Empreendimento composto por uma Subestação, uma Linha de Distribuição
e 10 alimentadores será entregue à comunidade neste dia 9

A Rio Grande Energia (RGE), dando continuidade ao Plano Estratégico do Grupo CPFL Energia, reforça e amplia a oferta de energia elétrica da segunda maior cidade do Rio Grande do Sul. Neste dia 9 de março, a concessionária, presente em 255 municípios do Estado, entrega à comunidade de Caxias do Sul uma nova Subestação, uma nova Linha de Distribuição de Alta Tensão e 10 alimentadores. O empreendimento, que teve investimento total de R$ 32,7 milhões, amplia em 14% a capacidade elétrica da cidade, que é base de um dos principais polos metal-mecânicos do país.

A nova Subestação Caxias do Sul 7 passa a compor, junto com as outras seis Subestações, o sistema elétrico responsável pelo abastecimento de energia elétrica a 201.960 Unidades Consumidoras (UCs), localizadas em Caxias do Sul.

Diretamente, 65 mil habitantes dos bairros São Virgílio, São Vitor Cohab e loteamentos do entorno passam a ter uma fonte de distribuição mais próxima a suas residências e empreendimentos, o que assegura a qualidade dos índices de fornecimento de energia, deixando o sistema mais robusto e confiável.

De acordo com o Presidente da RGE, José Carlos Saciloto Tadiello, quando entregamos um empreendimento deste porte, pelo volume de recursos aplicados e pela tecnologia de ponta empregada, a cidade que o recebe dá um salto no fomento ao desenvolvimento socioeconômico. “A ampliação da capacidade energética de Caxias do Sul garante energia suficiente para que o município continue a receber novos empreendimentos. O planejamento estratégico da companhia é constantemente atualizado e, passada essa inauguração, já estamos focamos em novos projetos que serão implementados no futuro para atendimento das demandas do município”, destaca Tadiello.

A Subestação Caxias do Sul 7 teve orçamento de R$ 13,9 milhões e é composta por dois transformadores de 26,6 MVA, totalizando 53,2 MVA de potência instalada. Ela está localizada na Rua Ângelo Prezzi, em São Virgílio e possui 10 alimentadores, que distribuem energia para diferentes pontos da cidade. Somente na construção dos alimentadores, foram mais R$ 3,1 milhões investidos pela distribuidora.

Complementando o empreendimento, a RGE investiu mais R$ 15,7 milhões na construção do uma Linha de Distribuição de Alta Tensão que interliga a SE Caxias do Sul 7 à SE Caxias 6. A linha possui 7,3 Kms de extensão e é composta por 81 estruturas metálicas e de concreto.

O Vice-Presidente de Operações Reguladas do Grupo CPFL Energia, Luís Henrique Ferreira Pinto, destacou a importância de mais uma obra do grupo para o fortalecimento do sistema elétrico do Estado, a partir de Caxias do Sul. “Quando iniciamos um novo empreendimento, além de questões estratégicas e aspectos técnicos, nos preocupamos com o desenvolvimento social e econômico das comunidades onde estamos presentes. Esse é um dos princípios do Grupo CPFL e um compromisso de toda a RGE com o povo gaúcho”, reitera o executivo.

publicidade:

4G Assistência Técnica

Posted by Sabe Caxias on Wednesday, March 7, 2018

O conjunto das obras

Subestação Caxias do Sul 7

Capacidade: 2 TRs de 26,6 MVA cada, totalizando 53,2 MVA de capacidade instalada

Número de alimentadores: 10

Valor do investimento: R$ 13,9 milhões na Subestação e R$ 3,1 milhões nos alimentadores

Endereço: Rua Ângelo Prezzi, 38, São Virgílio, Caxias do Sul

Linha de Distribuição 69 kV  Caxias 6 – Caxias 7

Extensão: 7,3 km

Número de circuitos: 2

Número de estruturas: 81 (concreto e metálicas)

Valor do investimento: R$ 15,7 milhões

Sobre a RGE

A Rio Grande Energia (RGE) é a distribuidora de energia elétrica da região norte-nordeste do Estado do Rio Grande do Sul. Originada do modelo de concessão pública para distribuição de energia elétrica em 21 de outubro de 1997, a empresa atende 255 municípios gaúchos, o que representa 54% do total de municípios do Estado.

A área de cobertura da RGE divide-se em duas grandes regionais: a Centro, com sede em Passo Fundo, e a Leste, com sede em Caxias do Sul. São 90.718 km² – 34% do território do Estado. Agrupadas, essas regiões apresentam um dos melhores índices sociais e econômicos do Brasil e também são as responsáveis pelo maior polo agrícola, pecuário, industrial e turístico do estado.

A RGE se orienta pela Gestão de Qualidade Total para atingir, cada vez mais, altos níveis de eficiência para seus consumidores sendo parceira dos municípios gaúchos no desenvolvimento econômico do RS dentro de sua área de concessão. Desde 2006 a RGE passou a fazer parte integralmente do grupo CPFL Energia, o maior grupo privado do setor elétrico brasileiro.

Sobre a RGE Sul

A RGE Sul Distribuidora de Energia S/A é uma das distribuidoras de energia elétrica do Grupo CPFL Energia no Rio Grande do Sul e tem atuação na Região Metropolitana, Centro e Leste do Rio Grande do Sul.

A concessionária atende a 1,3 milhão de clientes em 118 municípios gaúchos, tem 100 mil km² de área de abrangência e 65 mil Kms de rede de distribuição. A base de suas operações fica em São Leopoldo.

Sobre a CPFL Energia


A CPFL Energia, há 105 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior companhia de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Com 14,3% de participação, a CPFL Energia é líder no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis, maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 3.258 MW, no final do primeiro trimestre de 2017.

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além de participar do Índice Dow Jones Sustainability Index EmergingMarkets. Pelo 12º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *