Atleta da APAAVôlei/UCS é selecionada para avaliação da Seleção Brasileira de Voleibol

?

Fernanda Perini participa da peneira para as categorias de base nas próximas semanas, no estado do Rio de Janeiro.

O ano de 2018 vai começar com perspectivas de uma carreira promissora no esporte para Fernanda Andrade Perini, 14 anos. Filha de agricultores e moradora da localidade de Loreto, interior de Caxias do Sul, a atleta da APAAVôlei/UCS/Brisa, Associação dos Pais e Amigos dos Atletas de Voleibol de Caxias do Sul, é uma das 20 meninas de todo o Brasil – e única do Rio Grande do Sul – a ser confirmada na avaliação anual da Seleção Brasileira de Voleibol das categorias de base.

A escolha para tentar uma vaga na seleção brasileira ocorreu durante a competição da Taça Potengi de Lucena, em Araxá (MG), na última semana.

De 24 janeiro a 7 fevereiro de 2018, Fernanda estará no Centro de Treinamento da Seleção, em Saquarema (RJ). Se aprovada, será uma das atletas na categoria de base da seleção.

Fernanda, que impressiona pelos 1,88 metros de altura, começou a praticar o esporte há cerca de 1 ano e meio, pelo incentivo de um professor, que viu nela a possibilidade de uma carreira no esporte.

Com treinos que duravam quatro horas, a atleta foi ganhando coordenação e ritmo de jogo. Atualmente, ela treina três vezes na semana tanto em sua posição original, atacante de centro, como nas demais funções.

A caxiense pode ser a oitava atleta ligada à APAAVôlei/UCS/Brisa a integrar a seleção brasileira, conforme Fernando Lemos, técnico de Fernanda e supervisor da Associação, cuja parceria com a UCS existe desde 2004. AAssociação também tem como parceiras a escola K Vôlei e a Cia do Vôlei. 

publicidade:

Ele explica que a altura de Fernanda e o preparo para atuar em diversas posições dentro de quadra podem se tornar um diferencial na carreira da atleta.

Fernanda tem grandes chances na avaliação, pelas próprias potencialidades e também pelo trabalho da Associação, que é um verdadeiro centro de formação na serra gaúcha, para atletas masculinos e femininos”, explica.

Fernanda divide a rotina de estudos na Escola Municipal De Ensino Fundamental Caetano Costamilan com os treinos e já se mostra conectada ao perfil de  uma verdadeira atleta profissional. “O início foi mais complicado, mas enfrentei minhas dificuldades e hoje sinto que gosto mesmo é de competir, de estar na quadra disputando vitórias”, explica.

Fotos: Josmari Pavan 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *