Um incêndio nas proximidades da Arena do Grêmio, em Porto Alegre, destruiu 14 automóveis de torcedores que acompanhavam a final do Mundial de Clubes entre Grêmio e Real Madrid na tarde deste sábado. Os carros estavam estacionados próximos ao estádio. Informações preliminares do Corpo de Bombeiros de Porto Alegre apontam que brasas de churrasco deixadas nas proximidade de uma àrvore teriam iniciado o incêndio.

Dentro do estádio, 1.655 torcedores gremistas acompanharam a final do Mundial de Clubes da Fifa na Arena do Grêmio em Porto Alegre. As portas do estádio abriram para o público ao meio-dia com ingressos que variavam entre R$ 30 e R$ 50.

A diretoria do clube gaúcho posicionou um telão com dimensões de 20 por 11 metros, totalizando 220m² de área, posicionado no setor norte do estádio. As traves foram retiradas e todo o espaço do campo foi transformado em pista para que os torcedores pudessem acompanhar o jogo. O gramado da Arena também foi coberto com um piso especial para que a torcida pudesse circular sem danificar o campo.