UCS: Biblioteca recebe acervo com mais de 4 mil livros da família Bornheim

Exemplares, doados à Universidade por meio de testamento, integrarão a Seção de Coleções Especiais a partir do primeiro semestre de 2018

 

A Biblioteca Central da Universidade de Caxias do Sul contará com novidades: mais de 4 mil livros do acervo da família Bornheim passarão a integrar a Seção de Coleções Especiais a partir do primeiro semestre de 2018. As obras de áreas como Filosofia, Literatura, História e Artes, escritas em diferentes idiomas e datadas de períodos diversos, serão higienizadas, tratadas e catalogadas pela equipe de bibliotecários e colaboradores do setor para fazer parte do acervo da Biblioteca.

 

A coleção foi doada por meio de testamento pela professora aposentada, poeta e trovadora Amália Marie Gerda Bornheim, falecida neste ano, e compreende títulos de sua posse e de familiares – entre eles a irmã, a também professora aposentada Irmgard, que faleceu em 2013, e o irmão, o filósofo e intelectual Gerd Bornheim, falecido em 2002, que dá nome à Galeria Municipal de Arte de Caxias do Sul. Além da história original de cada publicação, o contato com os exemplares denota momentos da família Bornheim: muitos livros, quando abertos, revelam dedicatórias, bilhetes, selos e cartões postais.

 

Essa é a primeira doação de coleção que a UCS recebe via testamento. “É um ganho muito importante para a instituição, principalmente na área da pesquisa”, afirma a coordenadora administrativa do Sistema de Bibliotecas e Arquivo Central da Universidade, Michele Marques Baptista, considerando que são poucas as instituições detentoras desse tipo de acervo, bem como de coleções especiais e obras raras.

 

Coleções Especiais

 

Composta por 30 mil títulos e aproximadamente 48 mil exemplares, entre livros, folhetos, teses, publicações periódicas, manuscritos e exemplares raros, a Seção de Coleções Especiais da Biblioteca da UCS já abriga mais de dez coleções de colecionadores renomados. Dentre os títulos mais antigos que integram o acervo das Coleções Especiais, e mais especificamente a Coleção de Obras Raras existente na Biblioteca Central, o mais raro é o Novo Testamento Tes kaines diathekes hapanta, datado de 1524. Para o decorrer de 2018, há um projeto voltado à digitalização das coleções especiais e obras raras para ampliar o acesso aos conteúdos.

 

Devido aos cuidados necessários no manuseio, o acesso físico aos materiais da Seção de Coleções Especiais é realizado mediante o acompanhamento de um profissional da biblioteca, e os exemplares só podem ser consultados no local. Para a Seção de Obras Raras, o acesso se dá mediante agendamento prévio e preenchimento de um formulário específico, e a consulta também ocorre sob supervisão.

 

PUBLICIDADE:

 

 

Sistema de Bibliotecas da UCS

Composto por 11 bibliotecas integradas e coordenadas pela Biblioteca Central, o Sistema de Bibliotecas da UCS compreende mais de 800 mil livros, 13 mil e-books, 10 mil periódicos e 2.700 teses e dissertações.

 

Com atendimento de segundas a sextas-feiras, das 7h45 às 22h40, e aos sábados, das 7h45 às 19h, a Biblioteca Central da UCS é um órgão de apoio às atividades acadêmicas e, também, um espaço acadêmico que privilegia a informação e a cultura por onde circulam diariamente cerca de 2 mil pessoas.

 

Fotos: Claudia Velho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *