Rock’n Brew une música e cerveja artesanal

Crédito das fotos: Filipe Mello

Evento aberto ao público traz a mistura que tem agradado ao público da Serra Gaúcha

 

Festivais de rua têm caído no gosto do público da Serra Gaúcha nos últimos tempos. Se há música ao vivo e cerveja artesanal, então, multidões interditam as ruas. A primeira edição do Rock’n Brew ocorre domingo, dia 12 de novembro, e vem com esse objetivo: proporcionar uma forma de lazer que, há pouco tempo, não existia na região, mas que agora já é a primeira opção de muita gente para passar uma tarde de domingo.

A Cervejaria Salvador e a banda ZAVA promovem o evento aberto ao público, que começa às 14h na Fabbrica Complexo Cultural e Gastronômico, em Caxias do Sul. O show será de lançamento do terceiro e mais conceitual disco da ZAVA, oConatus. Já é possível desfrutar as músicas do álbum, que estão disponíveis nas plataformas digitais, em canais como Deezer, Spotify, Apple Music e Google Play. Com a mesma formação de power trio que conserva desde 2010, a banda consolida-se com um rock contemporâneo e polirrítmico, conduzido na base da energia, da vibração e da originalidade.

 

Programação

Rock’n Brew

14h – Abertura do evento

15h – Show de abertura com a Banda Salve Jurema, de São Marcos

16h30 – Show de lançamento do CD Conatus, da banda ZAVA, de Caxias do Sul

 

Cervejaria Salvador

Caxias do Sul ganha mais um atrativo turístico para amantes de cerveja artesanal. Os irmãos Leonardo e Andrigo Salvador, com os sócios Cláudio Ferreira Costa, Fabiano Gasperin e Jocemar Gross, inauguraram em setembro o Salvador Tap Room, na Fabbrica, complexo gastronômico e cultural que ocupa um pavilhão histórico atrás da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes. O local inaugurado em 1942 passou por processo minucioso de restauração nos últimos sete meses, mantendo as características originais da construção.

O tema clássico dita os ambientes do Salvador Tap Room, que segue o conceito militar no projeto desenvolvido pela arquiteta Mariana Marchioro. “Pesquisamos e buscamos itens militares raros em antiquários e com colecionadores para traduzir no Tap Room o espírito da nossa marca”, comenta Leonardo. No Tap Room, cada detalhe remete a histórias militares: as mesas receberam a gravação do nome de batalhas históricas da II Guerra Mundial, como Iwo Jima, Stalingrado e Normandia.

 

Banda ZAVA

Com músicas que transitam entre a introspecção e a explosão e têm como protagonista a mensagem contida em suas letras, a ZAVA, formada no inverno de 2003, explora em suas composições temáticas sociais, políticas, existenciais e dilemas contemporâneos.

Construída ao longo dos últimos quatros anos, Conatus é uma obra completamente independente. André Quadros (bateria), Daniel Antoniazzi (contrabaixo) e João Peres (voz e guitarra) inspiraram-se no estilo “faça você mesmo”, montaram seu próprio estúdio, produziram, gravaram, mixaram e masterizaram suas próprias canções e agora lançam o trabalho satisfeitos com o resultado alcançado depois de tanto suor. Essa determinação relaciona-se com a abrangência do termo “Conatus”, um conceito filosófico que aponta, entre outros significados, o de que o homem é movido unicamente por seus desejos.

“Levamos quatro anos para conceber esse trabalho, tudo foi feito da forma mais autônoma possível. E isso demandou muito esforço, muito tempo. Se não fosse esse o nosso desejo real, já teríamos desistido”, observa João Peres, autor de letras que flertam com filosofia, psicologia, política, sociologia e existencialismo. O discurso da ZAVA em Conatus, no entanto, está longe de ser panfletário e pretensioso. Se há alguma complexidade, ela está nas entrelinhas, e essas reforçam a maturidade sonora de quem deseja, entre outras coisas, forjar seu marco zero. Detalhe: tudo em claro e bom português.

A singularidade deste novo trabalho se dá também no instrumental do power trio. Os riffs e timbres certeiros de guitarras complementam as construções (e desconstruções) do baixo a da bateria, a resultar em características do rock progressivo, do stoner rock, do grunge e até da música regional brasileira. Uma sonoridade contemporânea que contempla influências pessoais de cada integrante, o que faz emoção e razão andarem lado a lado.

As primeiras pistas dessa consistência sonora estão em Em Círculos e Daqui de Dentro, dois primeiros singles lançados nas plataformas digitais e Como Um Sopro de Silêncio, disponibilizada no site da banda (www.zavaoficial.com) como parte da estratégia de divulgação de Conatus, que tem 12 músicas, mais três faixas bônus na versão de luxo. “A ideia desse trabalho é ir além do comum, é provocar reflexões, é dar novas interpretações para situações cotidianas”, complementa André Quadros.

 

Serviço

Rock’n Brew

Quando: Domingo, 12 de novembro

Onde: Fabbrica Complexo Cultural e Gastronômico (Rua Nelson Dimas de Oliveira, 11)

Horário: a partir das 14h

Entrada Franca

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *