TECNOLOGIA Review: Moto G5S Plus segue fórmula de bom e barato

Smartphone melhora e continua a ser escolha certa para quem não quer pagar caro para ter recursos avançados

O Moto G5S Plus é um smartphone de boa relação custo-benefício para quem precisa de um aparelho para tarefas básicas do dia a dia, mas não abre mão de recursos interessantes para fotografia.

O aparelho da Motorola rivaliza com o Galaxy A7, da Samsung, e com modelos mais simples do Zenfone 4, da Asus. Seu preço sugerido pela fabricante é de 1.499 reais–apesar do preço médio no varejo ser menor.

publicidade:

 

Design

O destaque é a nova cor azul. A traseira de metal com bom acabamento havia sido usada no antecessor G5 Plus. Agora, a câmera dupla deu um visual diferente ao produto, o que ajuda a distingui-lo dos demais Moto Gs. Há quem diga que o design da câmera faça com que ela se pareça com um emoji sorrindo.

Como na grande maioria dos celulares atuais, o tampa traseira é fixa, assim como a bateria.

Moto-G5S-Plus-Traseira

(Lucas Agrela/EXAME.com)

O LED de notificação está presente no Moto G5S Plus, logo ao lado do logo da Motorola, no topo do produto.

A tela do aparelho tem 5,5 polegadas com resolução Full HD. Como o display ocupa mais de 70% da parte frontal, o dispositivo não é grande demais para ser usado–ainda que ele não se compare com outros smartphones que têm telas infinitas.

A Moto Tela, que mostra notificações de maneira inteligente, está presente no Moto G5S Plus, assim como em todos os produtos da Motorola deste ano.

O sensor de impressões digitais segue o padrão do seu antecessor, o Moto G5 Plus, posicionado na parte inferior da tela. Se você quiser, pode ativar os atalhos inteligentes no botão/sensor para transformá-lo na única forma de interação no sistema (voltar para a home, multitarefa ou voltar dentro de um app) no aplicativo Moto. Caso prefira, você também pode manter os botões na tela para navegar pelo sistema sem precisar aprender um novo jeito de usar o smartphone.

Câmeras

O grande destaque da câmera do Moto G5S Plus é que ele tem um recurso para desfocar o fundo das imagens por meio de uma combinação de software e hardware. Há smartphones que fazem isso apenas pelo software, e os resultados não ficam aceitáveis em todos os casos.

A câmera dupla do Moto G5S Plus é o que possibilita desfocar partes da cena de uma foto. Após a captura com o modo Depth ativo, você precisa ir à galeria de imagens e selecionar a opção para editá-la com o Depth Editor. Esse aplicativo nativo criado pela Motorola permite que você selecione diversas formas de usar o desfoque nas suas fotos. As mais interessantes são a de preto e branco e que realmente desfoca o fundo da cena, chamada “Selective Focus”.

Montagem-Moto-G5S-Plus-EXAME

(Lucas Agrela//EXAME.com)

Montagem-Moto-G5S-Plus

(Lucas Agrela/EXAME.com)

Os resultados do recorte automático feito pelo app para colocar, por exemplo, você atrás de qualquer outro cenário não funciona muito bem. Algumas rebarbas ainda aparecem nas fotos, dependendo da situação de uso, passando pouca credibilidade. A ideia é usar isso para brincadeiras nas redes sociais ou no WhatsApp. Ainda assim, a Motorola indica no próprio app de edição que essa função está em fase beta, ou seja, será melhorada com o passar do tempo.

As fotos tiradas com a câmera frontal de 8 megapixels ficam com qualidade aceitável, apesar de sofrerem com ruído. Em todo caso, é melhor usar a câmera traseira de 13 megapixels para fotografar.

Bateria

A bateria do Moto G5S Plus apresentou um resultado dentro da média da categoria. Foram nove horas e vinte minutos de reprodução de vídeos, o que é mais do que o Sony Xperia XZ Premium, mas menos do que o Zenfone 3 Max, cujo foco é a longa duração de bateria.

Em stand-by, a duração de bateria foi excepcional. Em 3 horas, nem sequer 1% da carga foi consumida. Isso, claro, pode variar de acordo com os aplicativos que você tem instalados no aparelho e se eles estão ou não habilitados para consumo de dados em segundo plano.

Configuração

O Moto G5S Plus é um aparelho de configuração intermediária-avançada. Ele tem “poder de fogo” para as tarefas do cotidiano e oferece um bom desempenho energético. O espaço interno do aparelho é um tanto restrito com seus 32 GB. Ainda assim, ele tem bem mais espaço livre para uso do que o Moto X4, que oferece cerca de 15 GB realmente livres.

O processador do Moto G5S Plus é o Snapdragon 625 octa-core, uma opção da Qualcomm que alia boa performance com baixo consumo de energia. É ele que faz do Moto G5S Plus o que ele é. Fora isso, há 3 GB de memória RAM para lidar com recursos multitarefa do smartphone.

Não notamos problemas de desempenho durante nossos testes.

Um problema de hardware que encontramos é a velocidade da memória interna. Ela é lenta para escrita. São apenas 78.69 MB/s. Isso prejudica instalação de apps, registro de fotos (que é demorado no modo Depth) e downloads. Já a leitura é boa, são 195.6 MB/s.

Nos benchmarks, o Moto G5S Plus teve resultados dentro da média da categoria:

Benchmarks Galaxy A7 XA1 Ultra Moto G5S Plus
AnTuTu 60417 59063 63440
Basemark OS II 1282 1224 1115
Geekbench 4 4179 3600 Não rodou
Basemark X Não rodou 16825 21169

Vale a pena?

O Moto G5S Plus é um bom smartphone para quem não é muito exigente em termos de performance e detalhamento em fotos. O aparelho se posiciona como os demais Moto Gs ao longo dos seus quatro anos de existência: um ótimo celular pragmático e econômico.

Avaliação

Prós: Boa relação custo-benefício; boa performance geral; efeitos diferentes na câmera dupla.
Contras: 
Câmera dupla não oferece zoom como em outros smartphones; baixa velocidade de memória

8.2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *