Caxias entra no circuito de grandes murais

credito_guilhermo gil

“Equilibricidade” de Kelvin Koubik, de Porto Alegre, foi o trabalho escolhido para transformar a primeira parede do projeto Paredes Vivas em obra de arte urbana. Formado em Artes Visuais pela UFRGS, o artista começou a pintar na rua há 14 anos e hoje tem suas obras em exposições nacionais e internacionais. O projeto concorreu com diversos trabalhos de todo o Rio Grande do Sul, que se inscreveram através de edital no mês de setembro. “Pensar o equilíbrio na cidade contemporânea é inverter os papéis em relação ao meio ambiente e o que construímos junto a ele”, comenta Kelvin. De acordo com o artista, a ideia principal do projeto é simbolizar uma relação horizontal e de harmonia entre a natureza e a construção civil.

 
O grafite começa a ter vida a partir de quinta-feira, 12, na parede de 10 metros de altura do Essenziale Lofts, na Rua Sinimbu, 1241, em Caxias do Sul, e promete dar cor e alegria ao cenário urbano. “Fico feliz em ver Caxias entrar no circuito de grandes murais, uma tendência a favor da cultura que está cada vez mais efervescente no cenário internacional”, afirma. Este projeto será o primeiro do artista na Serra Gaúcha. 
 
O Paredes Vivas é uma iniciativa da Tonin Imóveis, uma das principais incorporadoras da Serra Gaúcha, desenvolvido com a curadoria cultural de Mona Carvalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *