COM PÊNALTI DUVIDOSO, GRÊMIO É SUPERADO PELO BAHIA FORA DE CASA

Com o resultado, Tricolor fica na terceira posição, com 44 pontos

O final de domingo foi de jogo para o Grêmio, que enfrentou o Bahia, na Arena Fonte Nova, em partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com um time misto, o Tricolor acabou derrotado pelo placar de 1 a 0, com um pênalti duvidoso assinalado pela arbitragem no último minuto.

O primeiro tempo foi equilibrado e sem chances claras de gol. O Bahia foi quem iniciou melhor, pressionando nos minutos iniciais e obrigando Paulo Victor a fazer boas defesas. Aos poucos os gremistas trabalharam melhor a bola e conseguiram impor um pouco mais o seu ritmo.

Na etapa complementar, a partida seguiu com a mesma intensidade. Os baianos pressionaram e o Grêmio se defendeu. A melhor oportunidade do Tricolor surgiu aos 31 minutos. Everton, pela esquerda, foi a linha de fundo e cruzou pra trás. Jael fez o pivô, ajeitou para Patrick, que mandou na trave. No rebote, Fernandinho chutou a gol, mas Jean salvou com uma boa defesa.
No último lance do jogo, o Bahia teve um ‘pênalti’ – mal marcado – a seu favor, convertido por Rodrigão.

Quanto as substituições, Ramiro, Arroyo e Fernandinho, saíram para a entrada de Patrick, Everton e Léo Moura, respectivamente.

Com o resultado, o Tricolor fica na terceira posição, com 43 pontos.

Escalação: Paulo Victor, Edilson, Bressan, Kannemann, Bruno Cortez, Michel, Arthur, Ramiro, Fernandinho, Arroyo e Jael.

Banco: Bruno Grassi, Bruno Rodrigo, Rafael Thyere, Leonardo, Léo Moura, Marcelo Oliveira, Cristian, Jailson, Kaio, Beto da Silva, Everton, Patrick.

A arbitragem do jogo foi comandada pelo paulista Luiz Flavio de Oliveira, auxiliado por Danilo Ricardo Manis e Miguel Cataneo da Costa.

O jogo:

Primeiro Tempo

A saída de jogo foi do Grêmio, mas quem logo chegou com perigo foi o time da casa. Da intermediária de ataque, Vinicius cruzou em direção a meta, Paulo Victor subiu e fez a defesa, mas se desequilibrou e deixou o corpo entrar no gol, mas a bola ficou fora.

Já os gremistas responderam em seguida. Arthur tabelou com Arroyo, mas Eduardo se antecipou e conseguiu o corte.

Com 5 minutos, os baianos seguiram pressionando e desta vez, Mendoza fez um lançamento às costas de Edilson. Kannemann afastou. Na sequência, foi Juninho quem quase abriu o marcador. Chutou cruzado para o goleiro gremista cair e fazer a defesa.

O Bahia chegou novamente com perigo aos 7 minutos. A bola foi colocada no meio da zaga, Kannemann cortou de carrinho, mas Mendoza chegou e buscou finalização. Paulo Victor, em dois momentos desarmou o meia.

Em erro da saída de bola gremista, Rodrigão recuperou para os donos da casa e mandou um chute de longa distância. Mais uma vez o Paulo Victor fez boa defesa.

E teve mais perigo na meta do Tricolor. Pela meia esquerda, Mendoza passou pela marcação, cortou pra canhota e chutou cruzado. A bola passou raspando a trave e saiu a linha de fundo.

O Grêmio criou com Michel, que acionou Fernandinho na esquerda. O atacante devolveu o passe para o volante, que avançou e chutou. O chute saiu ‘mascado’, pela direita do gol baiano. Em seguida, em novo lance, Ramiro e Edilson trabalharam a bola. Ramiro recebeu o último toque e mandou a gol, para a defesa de Jean.

O Bahia chegou novamente aos 21’, com um chute de longe de Vinicius, mas a bola amorteceu e chegou bem para a defesa tranquila de Paulo Victor. Dois minutos depois, uma falta da intermediária. Juninho mandou direto na área gremista, mas o arqueiro do tricolor saiu e fez a defesa.

Pela direita, Fernandinho avançou e já na área, acionou Jael, mas os marcadores cortaram o lance. Logo em seguida, quando o atacante recebia passe de Ramiro, foi derrubado com uma falta. Fernandinho foi para a cobrança, mas bateu muito embaixo da bola, que subiu e saiu por sobre a meta de Jean.

Aos 28’, o Grêmio fez uma boa jogada, girando a bola da esquerda para a direita, até que chegou a Edilson, que rolou pra trás, para Arroyo. O equatoriano finalizou de primeira, mas pra fora.

O Bahia teve uma falta a seu favor da intermediária, pela meia esquerda. Juninho colocou na área, mas a zaga tricolor afastou. Minutos depois, do meio, atacante do time da casa chutou, a bola desviou e quase foi direto ao gol, mas por sorte, saiu a linha de fundo. Na cobrança de escanteio, a bola foi colocada no primeiro poste, Edson cabeceou e Paulo Victor se obrigou a fazer grande defesa.

O Tricolor foi ao ataque com um cruzamento de Michel, aos 36’, mas Jean saiu da meta e ficou com a bola, recolocando no jogo para os baianos.

O Bahia cobrou uma falta, colocando a bola na área. Tiago dividiu com Kannemann, mas a bola saiu pela linha de fundo, sem tocar em ninguém.

Aos 44 minutos, o Grêmio chegou com boa jogada criada por Jael, que acionou Ramiro. O meia chutou, mas mandou fraco.

Longe do gol, o Tricolor teve uma falta pelo meio. Edilson chutou direto e Jean defendeu, espalmando para o meio. Defesa completou e afastou.

Jogo finalizou aos 47 minutos.

Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação, mas novamente o Bahia quem chegou primeiro. Eduardo cruzou da direita e Rodrigão finalizou. Mandou pra fora, pra nossa sorte.

Aos 4 minutos, os donos da casa chegaram de novo com Rodrigão. Ele avançou, passou por Kannemann e arriscou, mas mandou nas costas de Allione.

Já o Grêmio teve a seu favor um escanteio, aos 7’. A bola foi colocada na área, zaga afastou e Michel tentou repor, mas os defensores conseguiram cortar o lance. O Tricolor tentou com Arroyo e Jael. O equatoriano acionou o centroavante no meio, mas ao devolver o passe, Tiago interceptou o lance.

Aos 11’, uma boa jogada criada pelos gremistas. Fernandinho invadiu a área em velocidade, mas acabou barrado por Lucas Fonseca. Em resposta, o Bahia chegou com Mendoza, que cruzou, mas Kannemann saiu bem e cortou.

Os baianos pressionaram e, aos 15’, quase marcaram. Primeiro, Edgar Junio chegou pela esquerda, passando por Kannemann, mas o argentino conseguiu se recuperar. Depois, Paulo Victor fez a defesa. Em lance seguinte, Bressan não chegou a cometer falta sobre marcador, mas acabou amarelado, por erro da arbitragem.

O time da casa teve uma falta perigosa da intermediária, próximo a grande área. Juninho mandou direto e a bola assustou a meta gremista, passando por sobre a trave. Paulo Victor estava no lance.

Substituição: Saiu Ramiro, entrou Patrick, aos 19 minutos.

O Tricolor tentou novamente, agora em escanteio. Fernandinho cobrou no primeiro poste, defesa afastou. Arthur pegou a sobra e mandou a gol, mas a bola subiu demais.

Substituição: Saiu Arroyo, entrou Everton, aos 24’.

Os adversários tiveram uma chance em cobrança de escanteio. Juninho recebeu na direita e cruzou, mas Paulo Victor segurou bem.

Na sua primeira participação, Everton fez grande jogada individual na esquerda, passando pela marcação e cruzado na área. Lucas Fonseca cortou pra escanteio. Fernandinho cobrou e a defesa afastou. Na sobra, Fernandinho sofreu uma carga de Allione. O atacante cobrou a falta no segundo poste, Jael dominou, mas a zaga baiana conseguiu recuperar e afastar o perigo.

O Grêmio chegou bem com Patrick, que recebeu, teve a oportunidade e chutou cruzado. O goleiro ainda encostou na bola e ela se perdeu pela linha de fundo.

Uma grande jogada, a melhor veio aos 31’. Everton foi ao fundo de campo e cruzou pra trás. Jael fez o pivô, ajeitou para Patrick, que mandou na trave. No rebote, Fernandinho chutou a gol, mas Jean salvou com uma boa defesa.

O Grêmio chegou de novo aos 36’. Fernandinho foi derrubado dentro da área, com falta, mas nada foi assinalado. Em seguida, o atacante se livrou da marcação e chutou, mas a defesa cortou para escanteio.

Os donos da casa tiveram uma falta cobrada na área, buscando Tiago. Paulo Victor saiu do gol e fez a defesa, aos 40 minutos. Em seguida, Mendoza recebeu na direita, mas Arthur conseguiu cortar. Ainda pressionando, o meia foi acionado e tentou colocar no ângulo de Paulo. Pra fora.

Substituição: Saiu Fernandinho, entrou Léo Moura, aos 43’.

O Bahia ainda teve um escanteio a seu favor já nos minutos finais. Régis colocou em curva, o goleiro gremista cortou de soco e Allione pegou a sobra. Paulo Victor defendeu novamente.

A última oportunidade gremista se desenhou pela direita. Léo Moura conduziu a bola e cruzou nos pés de Everton, que finalizou, mas a defesa de Jean salvou os mandantes da derrota.

No último lance do jogo, o Bahia teve um ‘pênalti’ a seu favor, convertido por Rodrigão.

Jogo finalizou aos 47’.

Público total 13.102 torcedores

Foto: Felipe Oliveira | E. C. Bahia


Campeonato Brasileiro 2017 – Segundo Turno

Placar: Bahia  1 X 0  Grêmio
Local: Arena Fonte Nova
Data: 24.set.2017

Escalação Grêmio
Paulo Victor
Edilson
Bressan  
Kannemann  
Bruno Cortez
Michel  
Arthur
Ramiro
Fernandinho
Arroyo  
Jael  
Entrou Saiu
Patrick Ramiro
Everton Arroyo
Léo Moura Fernandinho
Escalação Bahia
Jean
Eduardo
Tiago
Lucas Fonseca
Juninho Capixaba
Edson
Juninho
Vinicius (Allione)
Zé Rafael (Edigar Junio)
Mendoza (Régis)
Rodrigão
Reservas
Anderson
Rafael Santos
Eder
Rodrigo Becão
Thiago Martins
Matheus Reis
Feijão
Matheus Sales
Régis
Allione
Edgar Junio
Hernane
Técnico: Preto Casagrande

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *