Projeto que motiva o crescimento de MPEs segue até início de 2018

Circuito de GastronomiaEmpreender RS Convencional segue até o final de 2017, proporcionando o crescimento das Micro e Pequenas Empresas (MPEs), que acreditam no associativismo.

A Associação das Empresas de Pequeno Porte da Região Nordeste do RS (Microempa), coordenadora do programa Empreender RS, foi informada pela Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) de que o Empreender terá continuidade de seis meses na maioria dos municípios. A Microempa atualmente coordena o programa em oito municípios: Vacaria, Pelotas, Farroupilha, Lajeado, Caxias do Sul, Pinheiro Machado, Santiago e Santa Cruz do Sul. Inicialmente, o projeto encerraria em 18 de julho e tinha previsão para estar ativo por 18 meses. Essa decisão visa contribuir para que os núcleos setoriais dos municípios que tiveram um melhor desempenho por cumprirem as metas tenham a oportunidade de fortalecer ainda mais as ações em andamento.
O Empreender é colocado em prática para fortalecer a rede de cooperativismo e associativismo e tem se consolidado pela atuação dos empresários que se unem para crescer nos negócios. A Microempa assumiu a coordenação do Empreender Convencional, uma iniciativa da CACB, com o apoio do SEBRAE, em nome da Federasul.
O coordenador nacional do Empreender, Carlos Rezende, afirma que o projeto original previa subsidiar as ações do Empreender pelo período de 18 meses, mas, segundo ele, esse período  é relativamente curto para consolidar um programa da envergadura do Empreender. Ele explica que o prazo foi estabelecido de acordo com as  negociações de prazos com os parceiros: “A CACB implementou mecanismos de controle que associam a liberação dos recursos ao alcance das metas previstas nos projetos. Esses mecanismos geraram recursos remanescentes que agora serão aplicados na ampliação do prazo de apoio financeiro para manutenção do Empreender”, explica. Assim, serão apoiados somente os municípios que alcançaram as metas. No RS, sete entidades continuam recebendo apoio para a consolidação do Empreender.
Para o presidente da Microempa, Jovenil Vitt Lima, que esteve acompanhando o trabalho feito nos municípios participantes em todo o estado, essa oportunidade possibilita fortalecer ainda mais essa rede de negócios que é possibilitada pelo Empreender: “Com o aditamento, as entidades têm a oportunidade de ampliar as perspectivas de atuação dos grupos de empresários graças ao ótimo desempenho apresentado que está possibilitando esse reconhecimento para que ações possam ser ampliadas para o crescimento de todos”, destaca. Dessa forma, a Microempa segue como coordenadora do Empreender RS Convencional 2017 até janeiro de 2018.
Nesses 18 meses de trabalho, a Microempa coordenou os trabalhos em oito municípios e nove projetos desde janeiro de 2016. Foram mais de 400 empresas em mais de 30 núcleos que atuaram para fortalecer a economia dos municípios com ações focadas no cooperativismo e no associativismo.

Créditos: Acervo Microempa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


7 − = dois

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>