Estacionamento na avenida Rio Branco, em São Pelegrino, será retomado em horários específicos

SMTTM e Semtur - Guilherme Fadanell (2)Medida era aguardada por moradores, comerciantes e operadoras de turismo de Caxias do Sul

 

Uma queixa frequente de moradores, comerciantes e visitantes do bairro São Pelegrino será solucionada nos próximos dias. O estacionamento na avenida Rio Branco, entre a avenida Itália e a rua Machado de Assis, será reativado no lado direito da via. A medida possibilitará a criação de 21 novas vagas que farão parte da Área Verde. Desse total, três espaços serão reservados para os ônibus de turismo que levam visitantes à igreja de São Pelegrino.

 

De acordo com o secretário de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM), Cristiano de Abreu Soares, a reativação do estacionamento só foi possível após as análises de impacto, feitas a partir de simulações, como o bloqueio de uma das pistas em diferentes horários do dia. Assim, ficou definido que apenas de segunda a sexta-feira, das 16h às 20h, é que o estacionamento ficará proibido na via, devido ao grande movimento de veículos. Nos demais horários, inclusive aos fins de semana, o estacionamento será liberado.

 

“A secretaria de Trânsito não pode ficar passiva diante de um problema como esse, cruzar os braços sem ao menos tentar uma solução para a comunidade. Vamos liberar o estacionamento, acompanhar o comportamento do trânsito naquela região e, se necessário, fazer alguns ajustes ou até rever a medida. Estamos sempre de cabeça aberta, dispostos a ouvir novas ideias para solucionar os problemas onde for preciso”, destaca o secretário.

 

As vagas de estacionamento no trecho foram retiradas no ano passado, trazendo prejuízo para os comerciantes da região, que viram o movimento e as vendas diminuírem. É o caso da Claudia Toigo, de 48 anos, que há duas décadas comanda uma lavanderia próxima à igreja. Quando havia o estacionamento, era comum ver os clientes procurarem o serviço e deixarem os veículos estacionados na rua. Mas com a retirada das vagas, ela vem acumulando um prejuízo de cerca de R$ 6 mil todos os meses.

 

“Muitos comerciantes saíram daqui por causa do estacionamento. Sem ter lugar para deixar o carro, o cliente pensa duas vezes antes de vir. Estou com o movimento muito baixo, economizando em tudo que posso. Estamos muito contentes que a nossa reivindicação será atendida. Vai melhorar para mim, para a cafeteria aqui do lado, para quem quer ir no shopping, na igreja, para todo mundo”, destaca a comerciante.

 

Para o turismo, a alteração também é uma conquista importante. As operadoras, que trazem os visitantes para Caxias, solicitavam há tempos um acesso mais fácil para os ônibus que chegam à igreja de São Pelegrino. “Não havia alternativa. Os grupos chegavam e os motoristas se viam obrigados a ficar dando voltas no entorno da igreja para que a gente pudesse fazer o tour. Muitos grupos já não estavam passando por Caxias do Sul e as empresas não tinham mais interesse em incluir a igreja na rota por causa da falta do estacionamento. Então, seguiam direto para as cidades vizinhas, sem parar por aqui. Por isso, é extremamente importante ter esse apoio da administração pública. É bom saber que eles estão abraçando essa ideia e nos ajudando com a logística, algo essencial para o turismo”, comemora Priscila de Oliveira, que é proprietária de uma agência de turismo receptivo.

 

Com a inclusão das três vagas de estacionamento exclusivas para os ônibus, além da permanência das duas vagas na rua Feijó Júnior, os guias passam a contar com cinco espaços reservados para os grupos. Essa é mais uma iniciativa que busca reconquistar o interesse dos turistas por Caxias do Sul.

 

“Nosso atrativo mais visitado na cidade é a igreja de São Pelegrino. Mas, ao analisar o nosso fluxo turístico, percebemos que esse número estava caindo ano após ano. Em 2016, quando ocorreu a mudança no estacionamento, tivemos apenas cinco mil turistas. E, no primeiro semestre desse ano, recebemos somente 1,5 mil pessoas. Muitas operadoras acabaram desistindo de trazer turistas pela dificuldade em realizar a visita com segurança e conforto, algo que acreditamos estar driblando com esse trabalho em conjunto entre Trânsito e Turismo”, explica a turismóloga e secretária do Turismo, Renata Carraro.

PUBLICIDADE:

A implantação da nova sinalização, com a pintura do asfalto, instalação de placas e do parquímetro deve iniciar nesta terça-feira. Em caso de chuva, o trabalho deve iniciar assim que o tempo melhorar. A previsão é que esta etapa seja concluída até o final desta semana. Já a fiscalização deve iniciar na próxima segunda-feira (14/08). Nos primeiros dias, fiscais de trânsito estarão no local para orientar os motoristas, principalmente no período entre 16h e 20h, quando o estacionamento será proibido.

 

Confira: 

Como era

Nenhuma vaga de estacionamento para veículos nos dois lados da Avenida Rio Branco, entre a Avenida Itália e a Rua Machado de Assis.

 

Como ficará

Criação de 21 vagas da Área Verde e mais três vagas reservadas para estacionamento de ônibus de turismo, ao lado da igreja de São Pelegrino.

 

Horários: de segunda a sexta-feira, exceto das 16h às 20h. Sábados, domingos e feriados: liberado para estacionamento.

 

Valores: A hora cheia no estacionamento rotativo Área Verde custa R$ 1,20. A cobrança não é feita nos sábados à tarde, domingos e feriados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *