GRÊMIO FECHA PRIMEIRO TURNO COM VITÓRIA SOBRE O GALO

Com gols de Pedro Rocha e Fernandinho, o Tricolor venceu o Atlético-MG, pelo placar de 2 a 0

Com gols de Pedro Rocha e Fernandinho, o Tricolor venceu o Atlético-MG, pelo placar de 2 a 0

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A tarde foi de Brasileirão na Arena. O Tricolor entrou em campo para enfrentar o Atlético-MG e venceu pelo placar de 2 a 0, em jogo válido pela 19ª rodada, a última do primeiro turno da competição. O técnico Renato escalou um time alternativo, poupando alguns de seus jogadores para a partida contra o Godoy Cruz, que ocorre na quarta-feira, no estádio gremista. A novidade da equipe ficou por conta do novo arqueiro Paulo Victor, que fez sua estreia.

O primeiro tempo foi de intensidade e qualidade do lado do Tricolor, tanto que o marcador foi aberto logo aos 4 minutos, com Pedro Rocha. Em jogada de contra-ataque, Everton desceu pela direita, invadiu a área e cruzou no segundo poste para o camisa 32 mandar de cabeça para o fundo das redes. Aos 26′, Fernandinho ampliou. A jogada se desenhou com Léo Moura, que cruzou da direita para a área. Pedro Rocha cabeceou e Victor espalmou, mas Fernandinho, bem posicionado, apareceu e assinou o segundo gol gremista.

A etapa complementar foi mais disputada, mas o Grêmio manteve o controle da partida. Aos 5′, colocou uma bola na trave com Pedro Rocha. O técnico Renato providenciou as alterações. Entraram Lincoln, Jailson e Patrick (também estreante), nos lugares de Pedro Rocha, Maicon e Everton. O Galo teve ainda um pênalti a seu favor, cobrado por Robinho, mas Paulo Victor defendeu.

Com o resultado, o Grêmio conquista mais três pontos na competição, se mantendo na vice liderança, com 39 pontos.

Escalação: Paulo Victor, Léo Moura, Bressan, Bruno Rodrigo, Marcelo Oliveira, Maicon, Arthur, Fernandinho, Luan, Pedro Rocha e Everton.

Banco: Léo, Leonardo Gomes, Bruno Cortez, Jailson, Kaio, Machado, Michel, Jean Pyerre, Lincoln, Patrick e Dionathã.

O trio de arbitragem foi comandado por Flavio Rodrigues de Souza, auxiliado por Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques.

PUBLICIDADE:

O jogo:

Primeiro Tempo

A saída de bola foi do Galo, que conseguiu chegar ao ataque logo nos primeiros minutos, com duas faltas. A primeira, da intermediária, pela direita – Valdívia colocou na área, mas a defensiva gremista cortou. Já na segunda, o meia mandou direto a gol, para a defesa de Paulo Victor, que voou e espalmou para escanteio.

Em grande jogada, depois de erro mineiro, o Grêmio se lançou em contra-ataque com Everton, que desceu pela direita, invadiu a área e cruzou no segundo poste para Pedro Rocha, que mandou de cabeça, abrindo o marcador na Arena, aos 4 minutos.

O Atlético tentou dar a resposta ao 9′, com nova cobrança de falta. Valdívia colocou no primeiro poste, para Roger Bernardo desviar de cabeça. A bola chegou a Matheus Mancini, do outro lado da área, que mandou de cabeça, mas pra fora.

Aos 15 minutos, o Grêmio tentou com Fernandinho, sendo lançado ao ataque, pela direita, mas Matheus Mancini se antecipou e ficou com a bola. Já os mineiros esboçaram reação pelo meio. Elder recebeu um lançamento, mas não conseguiu finalizar e Paulo Victor saiu para fazer a defesa. Logo na sequência, foi a vez dos gremistas tentarem uma bola longa na área mineira. Victor saiu do gol e cortou de cabeça, afastando o perigo.

A melhor oportunidade adversária saiu dos pés de Valdívia, que recebeu na meia esquerda e finalizou de pé direito, com força, da entrada da área. Mais uma defesa do estreante da tarde, Paulo Victor, bem posicionado.

O Tricolor trocou passes e, de pé em pé, a bola chegou a Luan. O camisa 7 até finalizou, mas a jogada teve o impedimento de Léo Moura, que deu o último toque para o atacante.

Aos 21 minutos, o Grêmio teve uma falta da intermediária de ataque a seu favor. Luan cobrou no veneno, mas a defensiva afastou.

Baita jogada do Tricolor, aos 26 minutos, resultou no segundo gol. Léo Moura, da direita, cruzou na área, Pedro Rocha cabeceou e Victor espalmou pra dentro. Bem posicionado, Fernandinho chegou para pegar o rebote e mandar para o fundo das redes. Grêmio 2 a 0.

Dois minutos depois, o Grêmio tentou nova chegada pela direita, com Léo Moura, mas a bola foi lançada com muita força e saiu pela linha de fundo. No lance seguinte, o Galo chegou com a finalização de fora da área de Alex Silva, mas ele mandou sem nenhuma direção, direto pra linha de fundo.

Com 33′, o time de Belo Horizonte tentou novamente. Bremer buscou fazer um lançamento direto para Valdívia, na área, mas Léo Moura chegou antes e recuou para Paulo Victor.

Já o Grêmio partiu para o ataque mais uma vez. Aos 42 minutos, Léo Moura fez um grande lançamento para Everton, que dominou entrando na área, foi a linha de fundo e chutou quase sem ângulo. A bola bateu na rede, pelo lado de fora. Por pouco o terceiro gol.

Os visitantes ainda tentaram com um chute de longe de Valdívia. A bola amorteceu na zaga e ficou tranquila para Paulo Victor, que fez a defesa.

Jogo finalizou aos 46 minutos.
Segundo Bloco

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação.

O Galo teve a primeira chance no ataque, com falta da intermediária. Otero colocou na área, Fernandinho cortou pra escanteio. Na cobrança, Otero novamente cruzou no segundo poste, mas os mineiros cometeram falta de ataque.

O Grêmio chegou com muito perigo aos 5 minutos. Luan deu passe para Pedro Rocha, na esquerda, que ganhou do marcador e chutou cruzado. Victor tocou na bola, e ela explodiu na trave. No lance seguinte, Everton tabelava com Marcelo Oliveira, que caiu dentro da área após dividir com adversário. Nada assinalado.

Aos 12′, o Atlético chegou pela direita com Otero, mas Marcelo Oliveira interceptou a jogada com falta. Na cobrança, Valdívia colocou no segundo poste e Maicon afastou.A sobra ficou com Robinho, que acionou Roger. O jogador chutou e carimbou Marcelo Oliveira. No segundo escanteio a favor dos mineiros, Valdívia colocou na área, mas Paulo Victor saiu de soco e fez a defesa.

Os mineiros pressionaram e com 17′, Robinho recebeu na direita e chutou a gol. A bola passou por sobre a meta gremista.

Substituição: Saiu Pedro Rocha, entrou Lincoln, aos 21 minutos.

Os visitantes tiveram uma falta pela meia direita. Na cobrança, Valdívia alçou na área, no primeiro poste, Marcelo Oliveira cortou de cabeça.

Em uma jogada linda de contra-ataque, Fernandinho enfileirou e foi passando por todos os marcadores do Galo, até que foi derrubado em frente a grande área. Na cobrança, Luan carimbou a barreira.

Aos 29′, em erro de passe, o Atlético recuperou no campo de ataque. Robinho cortou pra perna direita e chutou a gol. Paulo Victor caiu e fez a defesa.

O Tricolor teve uma nova falta a seu favor, aos 31′, quando Arthur ia passando pelos adversários e foi derrubado, pelo meio. Luan mandou na área, Victor defendeu. A bola ficou viva, mas a defensiva ganhou. Logo na sequência, o Grêmio teve outra falta, agora da esquerda. O camisa 7 cruzou, mas mais uma vez a zaga afastou.

Para os mineiros, Leonan pela esquerda desceu em velocidade. Léo Moura chegou e afastou de carrinho. A bola ainda bateu no atleticano e se perdeu pela linha de fundo.

Substituição: Saiu Maicon, entrou Jailson, aos 40 minutos.

Substituição: Saiu Everton, entrou Patrick, aos 40 minutos.

Aos 42′, o Galo teve escanteio cobrado por Otero, que mandou na área. No lance, Bruno Rodrigo puxou a camisa de Bremer na área, e o árbitro marcou pênalti. Robinho mandou no meio do gol, Paul Victor deu um tapinha na bola, mandando para escanteio. A cobrança não deu em nada.

O Tricolor teve uma grande jogada ainda no minuto final. Luan deu passe para Patrick, que chutou com perigo, mas a bola se perdeu pela linha de fundo.

Jogo finalizou aos 48′.
Público total na Arena: 24.866 torcedores

Fotos: Lucas Uebel | Divulgação Grêmio FBPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


× seis = 42

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>