Com poder de reação, Ju busca ponto valioso fora de casa

Foto: Arthur Dallegrave / E.C.Juventude

Foto: Arthur Dallegrave / E.C.Juventude

Mostrando poder de reação, o Juventude buscou um ponto muito valioso ao empatar em 2 x 2 com o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli. Atrás no placar por duas vezes, o Papo buscou o resultado com gols de Lucas e Tiago Marques, mostrando que a equipe tem tudo para retomar o caminho das vitórias nas próximas rodadas da Série B.

O jogo
O técnico Gilmar Dal Pozzo escalou a equipe com desfalques de jogadores como Matheus, Ruan Renato, Fahel e Wallacer. Foram a campo Oliveira, Tinga, Domingues, Micael e Collaço; Wanderson, Lucas e Leílson; Juninho, Ramon e Tiago Marques. A partida teve um início bastante movimentado, com o Juventude bem postado e explorando os contra-ataques.
Aos 5 minutos, o Figueirense chegou com Leandro Almeida, de cabeça, mas Oliveira fez uma bela defesa. Depois, Robinho tentou assustar em jogada individual. O chute foi para fora. Depois de lances de perigo afastados pela defesa adversária, o Papo chegou aos 28, em finalização de longe de Lucas, para fora. Aos 33, Ramon recebeu belo lançamento de Lucas, fez boa jogada e finalizou para ótima defesa do goleiro. Aos 45, o Figueirense abriu o placar com Zé Love, mesmo deslocando o defensor alviverde antes da finalização, em lance de falta. 1 x 0. Foi a última ação antes do término da primeira etapa.
O segundo tempo mal havia iniciado quando o Ju anotou o gol de empate. Com um minuto, Leílson cobrou escanteio e Lucas, na primeira trave, desviou de cabeça. O goleiro Saulo até tocou, mas não conseguiu evitar o gol. 1×1. Depois, o Ju ainda assustou com Tinga e Leílson. Aos 21, o Figueirense desempatou. Henan pegou rebote após escanteio e desviou para o gol. 1×2.
Na reta final, o Ju assumiu o protagonismo e foi em busca do empate. Aos 36, Leílson cobrou escanteio com perigo, Maurício desviou e Tiago Marques, o artilheiro alviverde, cabeceou alto, sem chances para o goleiro. 2×2. O adversário tentou reagir, o Juventude também rondou a área adversária, mas o resultado permaneceu inalterado até o final da partida.
“Fiquei satisfeito com o espírito da equipe no jogo de hoje. Se em termos de desempenho não fomos também, compensamos com este poder de indignação e de reação que mostramos em busca do empate. Espero que a partir de agora possamos retomar este espírito para que o time volte a ter uma boa sequência de resultados. Sábado, temos mais uma decisão pela frente e, com o apoio do torcedor, tenho certeza de que faremos uma grande partida”, destacou Dal Pozzo.
O duelo de sábado (05/08), às 16h30, é contra o Santa Cruz, no Estádio Alfredo Jaconi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *